Tags

A vereadora Cíntia de Almeida (MDB), por meio de requerimento aprovado na Câmara Municipal, solicita ao Executivo informações sobre o Ônibus da Mulher (Rosa) e o Ônibus do Homem (Azul).

Entre outros questionamentos, a vereadora quer saber qual a previsão dos referidos equipamentos móveis voltarem a atender nos bairros da cidade.

“Tanto o Ônibus da Mulher quanto o Ônibus do Homem foram criados com o objetivo de facilitar o acesso ao atendimento médico, principalmente da população das comunidades mais distantes”, argumenta Cíntia de Almeida, elencando, em seu requerimento, uma série de serviços que as unidades móveis oferecem à população.

A vereadora quer saber do Executivo qual a data da última manutenção do Ônibus Azul e Rosa e se é realizada, periodicamente, a manutenção preventiva dos ônibus. Também indaga se é do conhecimento do Executivo a necessidade de reparos nas portas, toldos, degraus e para-brisa do Ônibus Rosa. Caso afirmativo, quer saber qual a previsão do conserto, caso contrário, solicita que se cheque o problema e que se providencie o devido reparo, com a maior urgência possível.

Serviços oferecidos – Em seu requerimento, Cíntia de Almeida salienta a importância do Homem da Mulher e do Ônibus do Homem e enfatiza que o Ônibus Rosa realiza consultas de enfermagem; coleta de exame preventivo do câncer de colo de útero (Papanicolau); exame das mamas (ensinando o autoexame); pedidos de mamografia conforme indicação; planejamento familiar com encaminhamento para palestras aos casais e a métodos temporários ou definitivos (cirúrgicos); aconselhamento sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs, Aids, Sífilis, Hepatites); testes de gravidez e outras orientações.

Já o Ônibus Azul oferece serviços de encaminhamento para exames de ultrassonografia; encaminhamentos para biópsias e para exames laboratoriais para urologia, oncologia ou outras especialidades, entre outros serviços. Ambos oferecem teste rápido de HIV e Sífilis, conforme destaca Cíntia de Almeida. Para utilizar todos esses serviços não é preciso marcar horário antecipadamente, bastando comparecer nos locais onde estão os veículos munido de documento de identidade e dos cartões do SUS e da Unidade Básica de Saúde (UBS).

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba