Tags

Na reta final do monitoramento da Black Friday 2019, o Procon Sorocaba está intensificando a fiscalização dos estabelecimentos para identificar possíveis fraudes nos preços dos produtos, de modo que os consumidores não sejam prejudicados. O órgão divulgou, nesta segunda-feira (25), um novo balanço das atividades.

Até agora foram feitas diligências em 65 lojas físicas e 36 pesquisas em lojas online. O monitoramento é feito em 13 estabelecimentos e 6 lojas virtuais.

A ação termina na sexta-feira (29), data do evento. A instituição informou, também, que ainda não houve registro de denúncias dos consumidores.

Aos interessados em aproveitar os descontos da Black Friday, o Procon Sorocaba reforça as seguintes orientações:

Cancelamento da compra – De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), em compras fora do estabelecimento, os consumidores têm até sete dias para pedir o cancelamento da compra (o prazo é iniciado após o recebimento do produto).

Sites confiáveis – Verifique se ao lado da barra de endereço (local onde se escreve o nome do site), possui o ícone de um cadeado e se o site tem endereço eletrônico “HTTPS”, pois as informações são criptografadas, dificultando o acesso a dados pessoais.

Informações dos produtos – Todo produto, nacional ou importado, deve apresentar informações corretas sobre as características, qualidade, quantidade, composição, validade, origem e possíveis riscos à saúde e segurança do consumidor de maneira clara e em língua portuguesa.

Golpes virtuais – Após escolher o produto ou serviço, verifique se o preço não foi alterado no “carrinho virtual” e confira o valor do frete.

Vitrines – Produtos expostos nas vitrines devem apresentar o preço à vista. Quando a prazo, devem mostrar valor total, número de parcelas e taxas de juros ao mês e ao ano.

Entrega e troca – Observe o prazo de entrega e se informe sobre a política de trocas da empresa antes de fazer a compra.

Pesquisa de preços – Faça a pesquisa de preços por meio de aplicativos e sites. Alguns permitem o cadastramento para acompanhar a variação de preços.

Evite o endividamento – não faça compras por impulso.

Em caso de problemas, os consumidores podem registrar uma reclamação ou denúncia pelo aplicativo do Procon Sorocaba, pelo site http://procon.sorocaba.sp.gov.br/denuncia/ ou pelo telefone 151. Já o atendimento presencial pode ser feito na sede do Procon ou nas Casas do Cidadão nos seguintes endereços: Av. Antonio Carlos Comitre, 331 – Parque Campolim, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h; Av. Ipanema, 3.349 – Vila Helena, de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h; Av. Nogueira Padilha, 1.460 – Vila Hortência, de segunda a sexta-feira, 8h às 15h e Av. Engº Carlos Reinaldo Mendes, 3041 – Alto da Boa Vista, somente às segundas-feiras, das 8h30 às 16h30.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias