Tags

,

Apresentar os índices de empregabilidade das pessoas com deficiência, oportunidades de qualificação profissional e encaminhamento para vagas no mercado de trabalho, além de conscientizar a população e empresas sobre o cumprimento da legislação vigente.

Com estes objetivos, a Secretaria da Cidadania e Participação Popular (Secid) promove no próximo dia 3 de dezembro o III Fórum da Inclusão de Sorocaba. Uma reunião com representantes do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (CMPcD), de outras secretarias da Prefeitura, órgãos públicos e instituições debateu os detalhes da programação na manhã desta quarta-feira (13), no Centro de Convivência da Pessoa com Deficiência (CCPcD), na Vila Gabriel.

O Fórum da Inclusão de Sorocaba marca a passagem do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência e visa debater temas relativos aos direitos das pessoas com deficiência, prestação de contas e facilitar o acesso a serviços oferecidos pelo Poder Público e entidades. Segundo a coordenadora de Desenvolvimento Social da Pessoa com Deficiência da Secid, Sanda Mara de Moraes, as mudanças no cenário do mercado de trabalho brasileiro motivaram a escolha do tema da terceira edição. “Pretendemos mostrar os principais desafios e possibilidades para aproximar oportunidades de qualificação profissional, às empresas e pessoas com deficiência que buscam por emprego”, explica.

O encontro deverá acontecer das 8h às 14h, no auditório da Secretaria da Igualdade e Assistência Social (Sias), localizada na Rua Santa Cruz, 116, Centro. A participação é gratuita e, nos próximos dias, a Secid vai disponibilizar a programação completa e o formulário de inscrição pelo site cidadania.sorocaba.sp.gov.br

Além da Secid e do CMPcD, a reunião desta quarta-feira contou com representantes da Delegacia Regional do Trabalho do Ministério da Economia; do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS); da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – 24.ª Subseção de Sorocaba; do Senac Sorocaba; do Conselho Regional de Psicologia (CRP); da Sias e das Secretarias da Saúde (SES) e de Políticas sobre Drogas (Sepod); e da Central de Interpretação de Libras (CIL) da Prefeitura.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias