Tags

, ,

Nas vésperas do ano eleitoral, as movimentações partidárias para garantir candidatos para os poderes legislativo e executivo acontecem a todo vapor.

Quem anunciou os possíveis pré-candidatos para o pleito de 2020 foi base regional do PODEMOS, que convidou oficialmente os vereadores Anselmo Neto (PSDB) e Dr. Hélio Brasileiro (MDB) para concorrer as vagas de prefeito e vice-prefeito respectivamente.

A informação foi divulgada pelo presidente regional da sigla, o vereador Fausto Peres (PODEMOS). O parlamentar destacou as qualidades dos convidados como um dos pontos determinantes para a escolha. “Hoje para nós eles representam a cara do partido, pessoas éticas, de postura, diferenciada e que tem um trabalho maravilhoso como legisladores aqui na Câmara. Para nós seria uma honra recebê-los para disputar o pleito,” declarou.

Cotado para a chefia do poder executivo, Anselmo Neto confirmou que estuda a possibilidade de uma candidatura a prefeito em 2020. O parlamentar adiantou que já informou sobre seu desejo ao presidente regional do PSDB, Valter José. “Eu manifestei ao meu presidente Valter José que eu gostaria muito de ser um candidato a vice-prefeito da nossa talvez pré-candidata Maria Lúcia, como também gostaria de ser candidato a prefeito.

Eu estou na política há 12 anos, é meu terceiro mandato, já aprendi muito no legislativo e me sinto pessoalmente capacitado para enfrentar novos desafios,” assegurou o social democrata.
Neto garantiu que não deve deixar a atual sigla no momento e que segue como vereador até o fim de seu mandato em dezembro de 2020. Segundo relatou, o presidente do PSDB Sorocaba teria afirmado que o partido ainda não cogita nomes para vice na possível chapa.

Dr. Hélio Brasileiro assegurou que foi convidado oficialmente pelo partido e que segue analisando as propostas. O parlamentar afirmou que tem sido assediado por outras siglas para concorrer não só ao Poder Executivo como também ao Legislativo em um segundo mandato.

“O podemos e vários outros partidos já me convidaram para sair candidato a prefeito, vice e vereador. A certeza que eu dou é que eu entrei na política pelos amigos e não vou sair pelos inimigos,” salientou o médico, citando o deputado federal Major Olímpio (PSL).

Em seu primeiro mandato, Brasileiro garantiu que neste momento não descarta nenhuma possibilidade. “Eu vou continuar sim, mas para qual cargo? Isso tem que ser amadurecido. Eu sou ficha limpa, tenho o nome ilibado, preencho todos os requisitos constitucionais para concorrer a qualquer cargo público, de vereador a presidente da república,” enfatizou o possível candidato.

Ambos os convidados ainda não decidiram oficialmente sobre os convites. Vale ressaltar, que a “Janela Partidária”, como é conhecido o mecanismo de troca de partidos sem perda de mandato, só será realizada a partir de abril de 2020, momento em que os parlamentares eleitos conseguem migrar de uma sigla a outra sem prejuízos ao cargo.

Fonte: Jornal Zona Norte Sorocaba