Tags

,

Cadeiras de rodas ocupando vagas comuns de estacionamento, com o objetivo de sensibilizar os motoristas sobre o respeito às vagas preferenciais, a Caminhada da Inclusão e uma caminhada com as presenças de instituições da sociedade civil e entidades assistenciais marcaram a abertura da Semana Municipal da Inclusão e de Luta da Pessoa com Deficiência na manhã desta segunda-feira (23).

Nem a queda na temperatura espantou os participantes, que chamaram a atenção de quem passava pelo Centro. A Secretaria da Cidadania e Participação Popular (Secid) promove uma programação gratuita e diversificada, em diferentes locais da cidade, até domingo.

Uniformizados, com cartazes coloridos, faixas, bexigas, entre outros adereços, os participantes da Caminhada da Inclusão saíram pouco depois das 9h da Praça Frei Baraúna, andaram pelas Ruas Cesário Mota e São Bento, até chegarem a Praça Coronel Fernando Prestes. No encerramento, os representantes das entidades puderam se manifestar ao microfone.

A secretária Suélei Gonçalves agradeceu ao público e destacou o papel da Secid na articulação das ações do Poder Público voltadas à pessoa com deficiência. “Esta é uma semana especial, para compartilharmos informações e para que possamos, no ano inteiro, conscientizar a população e combater a discriminação e o preconceito causados pela desinformação”, destacou.

A Caminhada da Inclusão reuniu diferentes instituições da sociedade civil, como o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (CMPcD); Creche Especial Maria Claro; Associação Amigos dos Deficientes (AMDE); Central de Interpretação de Libras (CIL); Associação Sorocabana de Atividades para Deficientes Visuais (Asac); Projeto Empresto Minhas Pernas; Projeto Multa Moral; Projeto LIA – Lazer Inclusivo e Acessibilidade; Associação Amigos dos Autistas de Sorocaba (Amas); Projeto Ampara.In; e Instituto Magnus. O percurso contou com apoio da Urbes – Trânsito e Transportes e da Guarda Civil Municipal (GCM).

Esta vaga não é sua nem por um minuto!”

A ação educativa “Esta vaga não é sua nem por um minuto!” começou por volta das 7h30, quando cinco vagas de estacionamento da Rua da Penha, nas proximidades da Biblioteca Infantil, foram ocupadas por cadeiras de rodas. “A ideia é fazer os motoristas se colocarem no lugar das pessoas com deficiência e refletirem de que não devem estacionar indevidamente nas vagas especiais”, explica a coordenadora de Políticas para a Pessoa com Deficiência da Secid, Sandra Mara de Moraes.

A iniciativa chamou a atenção de motoristas e pedestres que passaram pelo local. Alguns, inclusive, aproveitaram para filmar e fotografar a ação, além de perguntar aos organizadores do que se tratava, o que rendeu alguns elogios. Além da orientação de uma agente de trânsito da Urbes, os interessados receberam folhetos informativos do projeto Multa Moral, que busca conscientizar motoristas sobre o respeito às vagas preferenciais.

O projeto Multa Moral já aconteceu em diversas cidades do Brasil e chegou agora a Sorocaba por iniciativa do blog Acessibilidade na Prática, mantido por Alessandra Costa. “Resolveu sair um pouco da ‘virtualidade’ inspirados por vários movimentos semelhantes espalhados pelo país. O intuito da Multa Moral não é simplesmente conscientizar os motoristas infratores, mas também envolver a sociedade na fiscalização das vagas reservadas e de outras estruturas acessíveis, chamando a atenção de todos para a importância da acessibilidade na inclusão social”, ressaltou.

A Multa Moral contou com apoio da Associação Comercial de Sorocaba (Acso) e no período da tarde, a ação foi realizada no estacionamento descoberto do Pátio Cianê Shopping.

Terça-feira: cão-guia, contação de história e psicologia

A agenda da terça-feira (24) começa às 10h30, no Salão de Vidro do Paço Municipal, onde o Instituto Magnus abordará, até às 13h, a importância do cão-guia no processo de inclusão social dos deficientes visuais. A ideia é demonstrar, na prática, algumas das dificuldades cotidianas vivenciadas pelos deficientes visuais e como o adestramento do animal auxilia no processo de integração.

A partir das 14h, também no Salão de Vidro, o Conselho Regional de Psicologia (CRP) desenvolve o workshop “Modelo Social”. As psicólogas da subsede de Sorocaba, Mônica Souza e Jéssica Pavanelli, conversam sobre assuntos relacionados ao mercado de trabalho, saúde, educação, cultura, esporte e lazer. No mesmo horário, na Biblioteca Municipal, os frequentadores do Centro de Convivência da Pessoa com Deficiência (CCPcD), da Vila Gabriel, participam de uma oficina de Contação de Histórias.

Para conferir a programação completa da Semana Municipal da Inclusão e de Luta da Pessoa com Deficiência por escrito e em áudio, acesse o site cidadania.sorocaba.sp.gov.br.

Serviço

–Dia 24 (terça-feira)

Vivências – Instituto Magnus

Das 10h30 às 13h – Salão de Vidro do Paço Municipal

Modelo Social

Das 14h às 15h30 – Salão de Vidro do Paço Municipal

Contação de Histórias

Das 14h às 16h – Biblioteca Municipal (Rua Ministro Coqueijo Costa, 180, Alto da Boa Vista)

Exposição “Telas Inclusivas”

Biblioteca Municipal “Jorge Guilherme Senger” (Rua Ministro Coqueijo Costa, 180, Alto da Boa Vista

De 23 a 29 de setembro de 2019

Das 8h às 17h

Oficina de Pintura Inclusiva: dia 23, das 14h às 16h

Exposições “Olhar Sensível” e “SonShine

Pátio Cianê Shopping – Espaço Smart Mall Brasil Facens (Avenida Afonso Vergueiro, 823, Centro)

De 23 a 29 de setembro de 2019

Das 10h às 22h

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias