Tags

Acompanhando as atividades da Semana Nacional de Trânsito, a Urbes – Trânsito e Transportes, em parceria com a Secretaria de Mobilidade e Acessibilidade (SEMOB), realizou na manhã desta quinta-feira (19) o passeio ciclístico e a formatura das turmas da Escola do Pedala Idoso.

O passeio teve início às 8 horas, no Clube do Idoso, seguido das entregas dos certificados e do café da manhã comunitário. Das 35 pessoas que estavam presentes, 20 participaram do passeio pela ciclovia da Avenida Dom Aguirre.

Programas e ações com foco na segurança e mobilidade serão realizados ao longo da semana. “Pensar na qualidade de vida da terceira idade, conhecida como melhor idade, é fundamental para os idosos e a cada ano de campanha o número de pessoas envolvidas aumenta. Contribuímos com o meio ambiente, com a qualidade de vida e no deslocamento das pessoas de uma forma mais racional, inteligente e limpa”, explica o presidente da Urbes, Sérgio Pires.

“Perdi meu medo”

A Escola do Pedala Idoso oferece à terceira idade, de forma gratuita, aulas teóricas e práticas. “Eles ensinam muito bem e possuem um carinho enorme por todos nós, além de nos incentivarem muito. Hoje, perdi meu medo, mas já cai muitos tombos”, conta a costureira Zuleide Peroto, 49 anos, que procurou a escola após passar por crises de depressão e ansiedade. “Decidi por vontade própria a praticar atividade física e consequentemente minha vida mudou, passei a vir duas vezes na semana nas aulas e a minha depressão melhorou”.

O aposentado Ademar Bueno, 65 anos, era minoria no meio de tantas mulheres presentes. Do total de participantes, somente cinco eram homens e o aposentado foi o único a participar do passeio ciclístico, “Eu sempre andei de bike, mas minha esposa era sedentária e tinha problemas de saúde, como pressão alta e diabetes. Escolhi fazer nossa inscrição pois acredito que o incentivo do familiar é importante para que a pessoa que não pratica, tenha ânimo e disposição para enfrentar os desafios”.

Aos 56 anos, Eunete dos Santos, esposa de Ademar, tem menos problemas de saúde e encontrou na bicicleta o sentido de viver e se divertir ao lado do marido, graças ao incentivo dos profissionais da Escola do Pedala Idoso.

A realização de um sonho

O que para alguns é uma prática em busca de uma vida mais saudável, para outros é um sonho. É o caso da aposentada Genesia Ribeiro, 72 anos. “Meu sonho era aprender a andar de bicicleta e estou feliz por realizá-lo”.  Pela segunda vez passeando pela ciclovia, Genesia conta que trabalha desde os 10 anos e nunca teve a oportunidade de andar de bicicleta.

Após o marido insistir, decidiu perder o medo e ir em busca do seu sonho: aprender a andar de bicicleta. Hoje, a aposentada completa dois anos de prática e se diz completa. “ Me transformei em uma pessoa mais feliz do que já era, tenho contato com muita gente. Aqui posso conversar com pessoas da minha idade e que possuem os mesmos interesses que eu. Nos transformamos não só em um grupo, mas em uma família. Minha vida é essa agora. Meu próximo sonho e meta é comprar uma bicicleta e participar de competições”, diz com entusiasmo.

Como ser sócio do Clube

Os interessados em participar desta e outras atividades do Clube do Idoso devem residir em Sorocaba e ter mais de 55 anos, apresentar RG, CPF, título de eleitor, comprovante de endereço no nome e uma foto 3×4, além de um atestado médico para atividades físicas oferecidas.

As inscrições podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O Clube do Idoso está localizado ao lado do Centro Esportivo “André Matiello”, em Pinheiros. Mais informações pelo telefone (15) 3233.9014.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias