Tags

A Secretaria da Educação (Sedu), por meio da equipe multidisciplinar da Divisão de Educação Especial (DEE), realizou nos dias 9 e 12 de agosto no Centro de Referência em Educação (CRE) um Workshop intitulado: ‘Como contribuir com o desenvolvimento de habilidades comunicativas na infância’. O evento foi direcionado a orientadores pedagógicos das unidades escolares da rede municipal de ensino de Sorocaba.

Este projeto da equipe multidisciplinar conta com três fonoaudiólogas com diferentes tipos de especialização. Cleiva Diniz é especialista em voz e linguagem, Stella Spalluto em motricidade orofacial e Angela Costa em audição. Após as fonos realizarem visitas em algumas unidades optaram também por estender as informações a mais profissionais da rede. As abordagens tratadas sobre a comunicação infantil no Workshop tem como objetivo fomentar informações de melhoras de desenvolvimento das crianças na fase de aprendizagem das crianças.

Especialistas

De acordo com Cleiva Diniz, o evento atuou na prevenção dos distúrbios da comunicação com ênfase na estimulação da fala, linguagem e consciência fonológica. “Acreditamos que a criança é um ser global e necessita de várias habilidades para se desenvolver. Como a rede tem grandes alterações fonoaudiológicas nós pensamos em um projeto para atuar na prevenção das nossas crianças”, disse. “Nós estamos tratando das primeiras etapas, no caso a pré-escola, pois é a etapa que contém o ingresso obrigatório nas escolas, uma faixa etária de período de finalização da aquisição da fala e possui um período muito heterogêneo, ou seja, com crianças ingressando sua jornada na escola pela primeira vez ou estudantes que já estavam desde o berçário”, completa.

Já Stella Spalluto abordou temas como a retirada de hábitos orais prejudiciais, como, por exemplo, a sucção de chupeta, mamadeira e dedo, entre outros. “Por meio de desenhos e atividades lúdicas, orientamos sobre as consequências de tais hábitos para a mordida, respiração, fala e deglutição, além de tratar das estruturas orais e faciais e suas funções, nomeações das partes das bocas e do rosto, os movimentos relacionados às expressões e sentimentos, sobretudo para reconhecer essas reações nos amigos”, pontua.

Angela Costa ressalta sobre os conteúdos elucidados no Workshop a respeito da questão auditiva. “Abordamos o desenvolvimento das habilidades auditivas e o impacto delas na linguagem e, consequentemente, na aprendizagem. Tratamos deste tema desde o período da gestação, passando pela primeira infância até as crianças do Ensino Fundamental”, salienta. “Nós propusemos atividades com uma visão geral do desenvolvimento auditivo que podem ser adaptadas para crianças da primeira infância e do Ensino Fundamental. Essas atividades já são previstas na própria Base Nacional Curricular Comum (BNCC) e nós explicitamos esses aspectos para serem reforçados por esses novos multiplicadores a fim de fomentar este conteúdo em suas unidades e na comunidade com os materiais que eles têm”, conclui.

Resultado positivo

A orientadora pedagógica, Adriana Loriano, destaca a importância do evento para o corpo gestor das unidades. “A equipe multi como sempre superou todas as minhas expectativas com informações técnicas e exemplos práticos que ampliam e promovem novos conhecimentos que auxiliarão em minha prática profissional”, afirma.

“Gostaria de expressar minha gratidão e admiração a estes profissionais tão qualificados e humanos, que superando todas as limitações de ser uma equipe com poucos profissionais para atender uma rede tão grande, têm atendido minhas solicitações de apoio, orientações, formações e acolhimento das crianças, professoras e principalmente as famílias em suas angústias”, revela. “Estou há quatro anos na rede municipal e só tenho a agradecer e parabenizar a equipe multidisciplinar da DEE pelo excelente trabalho de orientação. Aguardo ansiosa por novas formações”, conclui a orientadora pedagógica.

Anúncios