Tags

Revoltados com os inúmeros transtornos provocados pela presença do Centro POP – Centro de Referência Especializado em Assistência e Atendimento à População em Situação de Rua – implantado na cidade através de convênio entre a Prefeitura e o Governo Federal, moradores do bairro Vila Rica reuniram-se com o vereador Engenheiro Martinez (PSDB) para pedir apoio em relação à retirada do serviço da comunidade.

De acordo com relatos dos munícipes, comprovados através de visitas ao bairro, atraídos pelo Centro POP, moradores se acumulam nas ruas do Vila Rica, reunidos em grupos que consomem drogas durante o dia e à noite, efetuam furtos e brigam entre si. “A situação está insustentável no bairro desde a chegada do serviço, que funciona no prédio do SOS”, afirmou uma das moradoras.

O vereador é autor da Lei nº 11.768/18, que estabelece a necessidade de um RIVI (Relatório de Impacto de Vizinhança) antes da instalação dos Centros POPs no 1º Anel Viário, das Zonas Residenciais 1 e 2 e da Zona Comercial do município; determinação que não foi observada no ato da renovação do convênio este ano.

O vereador irá se reunir com a prefeita Jaqueline Coutinho para discutir a situação e apontar soluções, que vão desde a transferência do Centro POP para uma região mais afastada das áreas populosas da cidade até a rescisão do contrato com o Governo Federal. “O que observamos é que a medida só vem causando desgaste e risco aos moradores, uma vez que o número de moradores de rua, muitos que vêm de outras cidades, só tem aumentado”, observou Martinez.