Tags

A Secretaria da Cidadania e Participação Popular (Secid) recebeu, na tarde desta segunda-feira (24), os 51 projetos do programa Participa Sorocaba elaborados pelos demais setores da Prefeitura a partir das propostas de investimentos, obras, ações e serviços encaminhadas pela população.

No mês de julho, estes projetos estarão disponíveis para votação por meio da internet e nas Casas do Cidadão. Aqueles escolhidos pela maioria serão incluídos no projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2020.

A edição 2019 do Participa Sorocaba recebeu 570 indicações durante o mês de abril, um aumento de 388% em comparação à edição 2018, com 147. A comissão da Secid responsável pelo programa fez uma primeira triagem das demandas. Houve o descarte de pedidos relacionados a áreas que não são de responsabilidade do Município, que integram projetos já planejados anteriormente ou que conflitam juridicamente com a LOA. Ao longo dos meses de maio e junho, todas as propostas passaram uma análise de viabilidade técnica e financeira por parte das secretarias relacionadas a cada área.

A elaboração de projetos técnicos a partir das sugestões enviadas população foi uma das mudanças feitas pela Secid no regulamento do Participa Sorocaba para edição 2019, com o objetivo de facilitar a apresentação das propostas e aumentar o índice de participantes na votação. As ideias coincidentes ou semelhantes, por exemplo, acabaram agregadas pelas secretarias num projeto único, técnica e economicamente viável. “A LOA deve destinar R$ 15 milhões para o Participa Sorocaba, recursos que garantirão que os projetos mais votados pelos cidadãos serão realizados em 2020”, destaca a secretária Suélei Gonçalves.

No mês de julho, em data a ser divulgada posteriormente, os projetos estarão disponíveis para votação por meio do site cidadania.sorocaba.sp.gov.br/participasorocaba e nas Casas do Cidadão. Os escolhidos pela maioria serão incluídos no projeto da LOA 2020, que será encaminhado pelo Executivo até 30 de setembro para apreciação da Câmara Municipal.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias