Tags

, ,

A Câmara de Sorocaba rejeitou o pedido de investigação contra a vice-prefeita Jaqueline Coutinho (PTB).

pedido de investigação apresentado ontem pelo munícipe Rafael Sarti foi apresentado em plenário na sessão ordinária desta quinta-feira (11).

O documento foi lido pelo secretário da Mesa Diretora, o vereador Luís Santos (Pros). Após a leitura da denúncia, foi lido o parecer jurídico da Câmara, que opinava pelo arquivamento. O parecer afirmava que o pedido tratava de apuração de crime de responsabilidade, situação que é de competência do Judiciário.

Na sequência, Fernando Dini (MDB), presidente da Casa, anunciou o arquivamento, sem a necessidade de apreciação em plenário. “Estou arquivando a representação e não levando a apreciação em plenário por conta dessa inconsistência jurídica e essa formulação errônea do pedido”, afirmou Dini.

O prefeito José Crespo também foi alvo ontem de um pedido de abertura de Comissão Processante, que pode culminar na cassação do mandato. O pedido, porém, deve ser apreciado na próxima sessão da Câmara.

O que dizia a o documento

Sarti citava no pedido o caso investigado pela Justiça em que um servidor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) supostamente desempenhava serviços pessoais para Jaqueline e sua família. Jaqueline afirmou ontem que o pedido vinha no sentido de desqualificá-la e negou irregularidades no caso denunciado pelo Ministério Público.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Anúncios