Tags

O vereador Pastor Apolo (PSB) foi procurado por pais de alunos da CEI 113, no Bairro Aparecidinha, que reclamam de alguns problemas na estrutura do referido Centro de Educação Infantil, que é vinculado ao CEI 10 “Eglantina Rocco Perli”, situado no mesmo bairro.

“Os pais ressaltaram o empenho das professoras, da diretora e demais funcionárias em oferecer o melhor atendimento possível às crianças, dentro de suas limitações de espaço e estrutura, mas cobram uma melhoria do próprio espaço da escola”, afirma o vereador, que visitou a CEI 113 para avaliar a situação.

“Constatamos que as salas de aula são minúsculas, uma vez que se trata de uma casa antiga adaptada, e o imóvel não possui adequação de segurança em caso de incêndio”, afirma Pastor Apolo, observando que as janelas não abrem e o corredor é estreito para o total de 90 alunos atendidos em cada período. O vereador também constatou que não há banheiro apropriado para o uso das funcionárias, uma vez que o banheiro utilizado por elas situa-se entre a despensa e a cozinha.

“Outra queixa dos pais é quanto à parte administrativa. Há uma sala administrativa montada, porém a escola não possui funcionários para atendimento aos pais de alunos, que precisam se deslocar até o CEI 10, ao qual o CEI 113 é vinculado, em busca de qualquer informação”, afirma Pastor Apolo. O vereador observa, ainda, que uma das áreas de lazer da escola também apresenta problemas, “pois se trata de um antigo tanque de peixes adaptado e já se encontra visivelmente com problemas estruturais”.

Após a visita à escola, Pastor Apolo apresentou requerimento na Câmara Municipal, já aprovado e encaminhado ao Executivo, em que indaga se existe um projeto de ampliação da escola e, caso afirmativo, qual a previsão de sua execução. O parlamentar indaga se o prédio da CEI 113 passou por vistoria do Corpo de Bombeiros e solicita informações sobre outras melhorias na escola, como roçagem do jardim, correção de vazamento no telhado, melhoria nos bebedouros para as crianças e adequação da área de lazer.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba