Tags

Através de requerimento, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Sorocaba, Fernando Dini (MDB), está solicitando informações da Prefeitura sobre a falta de serviço de laboratório presencial na UPH (Unidade Pré-Hospitalar) da Zona Leste.

De acordo com informações recebidas pelo parlamentar, os exames estão durando em média de duas a quatro horas para ficarem prontos, trazendo prejuízo ao atendimento aos pacientes que procuram pela unidade, principalmente os que estão em estado grave.

“A UPH da Zona Leste tem o apoio farmacológico para tratar infarto com trombolítico, mas de nada adianta se não tiver exames rápidos para detectar essa complicação”, ressalta.

Dini também ressalta que a demora dos resultados laboratoriais acumula pacientes, piorando o atendimento e trazendo transtornos à população.

“Continuamos lutando para manter a UPH da Zona Leste aberta após o enceramento do contrato, porém, num primeiro momento, temos que manter é o bom atendimento que é prestado há anos pela unidade de saúde”, explica. “Acreditamos na sensibilidade da administração municipal para contornar essa situação o mais rápido possível”, finaliza.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios