Tags

Após receber denúncia de que cerca de 150 famílias de Sorocaba estão sendo vítimas de golpe da casa própria, o vereador Rodrigo Manga (DEM) vai notificar o Ministério Público, Polícia Federal, Polícia Civil e Caixa Econômica Federal, quanto a uma empresa que já recebeu ao todo mais de R$ 2 milhões de seus clientes e tem descumprido o prazo de entrega de imóveis.

Cerca de 30 vítimas desse suposto estelionato estiveram na Câmara de Sorocaba, na tarde desta quinta-feira, 31, para pedir o apoio do vereador.

“Houve muita gente que pagou direto para a construtora e não recebeu nada. Outros até fizeram financiamento na Caixa e foram obrigados a repassar dinheiro para uma construtora, que tem sede no bairro Trujillo, que em alguns casos, instruiu os consumidores a entregarem os cartões de construção com créditos liberados pela instituição financeira. O receio surgiu após um dos representantes dessa empresa tirar a própria vida. Estão desamparados e não conseguem respostas”, explica Manga.

Desempregado, Eduardo Félix, 35 anos, mora em Aparecidinha é uma das vítimas. “Paguei mais de R$ 16 mil para construir minha casa no Jardim Josane. Não ergueram um tijolo sequer. Destruíram o sonho da minha família e o pior é que deve ter muitas outras pessoas que também já pagaram e nem sabem que estão sendo enganadas, posso apostar”, frisa Eduardo.

Segundo o apurado, a empresa teria usado o nome fantasia de outra para induzir os compradores a erro. “Não se sabe ainda se a empresa quebrou ou se é estelionato mesmo, mas muita gente está sendo prejudicada. Vamos aguardar as autoridades apurarem o fato e darem mais informações, para saber se o caso justifica uma ação judicial coletiva ou se cada família terá que buscar individualmente seus direitos na Justiça. Sim, e ainda pode haver crime e não apenas problemas de ordem cível”, complementa Manga.

A Câmara Municipal, por meio do vereador Rodrigo Manga, vai acompanhar o caso e orientar as famílias sobre como proceder. “O objetivo é ter uma solução o mais rápido possível. O sonho da casa própria acabou virando pesadelo para essas famílias, lesadas diretamente no bolso, perdendo tudo aquilo economizado durante anos”, finaliza o vereador.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios