Tags

Nos últimos três anos, o Projeto Eficiência Energética na Mobilidade Urbana (EEMU), implantado pelo Ministério das Cidades em conjunto com Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável por meio da GIZ (Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit), desenvolveu uma série de projetos valiosos para Mobilidade Urbana no Brasil, com foco na eficiência energética e na sustentabilidade no setor.

No ultimo dia 27, o secretário de Mobilidade e Acessibilidade e presidente da Urbes, Luiz Alberto Fioravante, esteve em Brasília para participar do encerramento do projeto-piloto de Eficiência Energética da Mobilidade Urbana (EEMU), do qual Sorocaba fez parte dos últimos 18 meses.

Sorocaba foi selecionada, no início de 2017, pela Agência Alemã (GIZ) para participar do programa do Ministério da Cidades, com participação da GITEC (Empresa de consultoria de projetos socioambientais) e ITDP – Brasil (Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento), como uma cidade modelo para receber apoio técnico e desenvolvimento de projetos e políticas públicas focados na eficiência energética.

O objetivo do projeto foi aprimorar as condições que promovem a eficiência energética na mobilidade urbana do Brasil, através do aperfeiçoamento da gestão, do planejamento e das políticas urbanas.

No encerramento dos trabalhos em Brasília, foram apresentadas as atividades desenvolvidas durante o projeto e um compilado de experiencias adquiridas e lições aprendidas durante esse período.

Em Sorocaba foram desenvolvidos estudos avançados como: a definição de indicadores para controle e gestão do transporte coletivo; otimização de Rede de Transporte Público com objetivo de ofertar sistema de transporte com maior frequência, confiabilidade e atratividade em consonância com o BRT, VLT, Ciclovias e Sistema de Circulação em Calçadas; e a gestão da política de estacionamento, notadamente nas áreas servidas pelos eixos do sistemam de transporte. Dentro os estudos realizados, vários estão sendo implantados como o aplicativo Zona Azul Digital.

O Ministério das Cidades pretende promover as ações realizadas em Sorocaba e Uberlândia (cidade também escolhida) para que outras cidades e entes de atuação regional e nacional se sensibilizem e adotem medidas de gestão da mobilidade com objetivos análogos, fortalecendo a rede de atores envolvidos.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias