Tags

, ,

O secretário da Educação de Sorocaba, André J. Gomes, não compareceu nesta terça-feira (23) a uma audiência pública em que faria a exposição do Plano de Gestão Compartilhada para o ensino. Sua ausência frustrou profissionais da rede de ensino que foram à Câmara para fazer perguntas e esclarecer dúvidas.

Entre as reações, as vereadoras Iara Bernardi (PT) e Fernanda Garcia (PSol) classificaram a ausência como “desrespeito”. O vereador José Francisco Martinez (PSDB) informou que a Câmara convocará o secretário por meio de requerimento que será apreciado em plenário.

Em entrevista às 21h30, Gomes rebateu as críticas e disse que não compareceu porque dois encontros anteriores foram transformados em “circo político” com pessoas que compareceram para vaiá-lo e não para discutir a proposta. “Na última audiência, havia um indivíduo na plateia obrigando-me a responder; esse não é um ambiente de discussão, isso é uma inquisição”, compara. Em outro encontro, queixou-se de ter sido chamado de “palhaço” por pessoas na plateia.

Agora, Gomes disse que vai abrir canais de exposição da gestão compartilhada que começam nesta quarta-feira (24), a partir das 10h, com entrevista coletiva à imprensa, e que depois incluirão também a Comissão de Educação da Câmara, o Sindicato dos Servidores, o Conselho Municipal de Educação e a comunidade escolar (pais, alunos, professores e diretores) nas unidades de ensino.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Anúncios