Tags

A pedido do vereador José Francisco Martinez (PSDB), Marcia Rodrigues, presidente da Liga Sorocabana de Combate ao Câncer, utilizou a tribuna durante a sessão ordinária desta quinta-feira, 4, para divulgar a campanha Outubro Rosa, com o tema “Um Toque que Salva”, e também convidar a todos para a 4ª Corrida Pink do Bem, que acontece no próximo dia 21 de outubro, no Parque das Águas, cuja renda será totalmente revertida a realização de exames de mamografias.

Acompanhada de outras voluntárias, Marcia lembrou a fundação, há 43 anos, da Liga, que presta atendimento e apoio, de forma voluntária, a mulheres com câncer, além de desenvolver ações de prevenção e combate ao câncer. A presidente afirmou que com a renda da edição anterior da corrida foram realizadas 800 mamografias, atendendo parte das cinco mil mulheres que aguardavam o exame. De acordo com Marcia Rodrigues, até o mês de julho deste ano, cerca de 3900 mulheres estavam na fila da mamografia no Município, com previsão de três anos para o atendimento. “Quem sabe um dia consigamos zerar a fila, que é um sonho da Liga”, afirmou.

“É constrangedor fazermos toda essa campanha e depois não ter onde atender as mulheres”, reforçou a vereadora Iara Bernardi (PT), destacando ainda que a Policlínica não possui mamógrafo, sendo a Santa Casa a única a ofertar o serviço. “Só podemos parabenizar o trabalho das entidades, pois política de saúde a gente não vê no orçamento”, completou. Assim como a parlamentar, o vereador Hudson Pessini (MDB) reforçou que a Prefeitura precisa investir em mamografias, lembrando que a Santa Casa possui dois equipamentos e que o Executivo poderia contratar um número maior de exames no hospital.

Já a vereadora Fernanda Garcia (PSOL) ressaltou a falta de ginecologistas nas Unidades Básicas de Saúde e também a dificuldade encontrada pelas mulheres para fazerem o exame de Papanicolau, além da mamografia. “As mulheres estão morrendo pela falta de um atendimento mais rápido”, disse. Em seguida, Toninho Corredor (Patri) deu o exemplo de uma munícipe do Conjunto Habitacional Habiteto que aguarda desde 2016 pelo exame de mamografia. Em resposta ao parlamentar, Marcia Rodrigues disse que serão atendidas pela Liga, com a arrecadação da corrida, as mulheres que aguardam a mais tempo pelo exame.

A presidente da Liga também falou sobre o tema da Campanha Outubro Rosa deste ano, lembrando que 80% dos casos de câncer de mama são identificados por meio do autoexame. Marcia Rodrigues solicitou ainda que emendas parlamentares do orçamento impositivo sejam destinadas para a realização dos exames de mamografia. Ao fim de sua apresentação, as voluntárias da Liga Sorocabana de Combate ao Câncer foram homenageadas pelo vereador Engenheiro Martinez (PSDB) com votos de congratulação pela realização da campanha.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba