Tags

O trabalho voluntário é uma união de esforços de pessoas que enxergam a vida diferente e que se propõe a minimizar as dificuldades do outro, muitas vezes tão distantes de seu próprio entendimento e convívio.

Todos juntos na construção de uma sociedade mais justa e solidária, de um mundo melhor para todos nós hoje e para as gerações futuras.

Essa e várias outras mensagens foram destacadas durante o evento “Juntos por uma cidade mais Solidária”, que celebrou o primeiro ano do Programa Sorocaba Voluntária, criado pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Cidadania e Participação Popular.

Organizado pela Secid em parceria com a Secretaria de Comunicação e Eventos (Secom), o evento, realizado nesta manhã, no Centro de Referência em Educação (CRE), e que contou com a presença do prefeito José Crespo, reuniu voluntários, organizações e secretarias cadastradas no programa. Quem participou também pode conhecer um pouco sobre o trabalho de instituições cadastradas, por meio de estandes distribuídos nas dependências do CRE.

Durante a abertura do evento, a secretária de Cidadania e Participação Popular, Suélei Gonçalves, destacou a importância do programa que, no seu primeiro ano de implantação já conta com mais de 1.100 pessoas dispostas a ajudar uma das 38 instituições cadastradas. “Esse é o nosso desafio, fazer a junção entre o voluntário e as entidades”, disse e completou: “Diz o ditado que ‘tempo é dinheiro’ e vocês (voluntários e instituições) estão investindo no amor ao próximo, nas pessoas mais necessitadas.”

O prefeito José Crespo destacou a importância do serviço voluntário na sociedade e que uma das metas de seu governo é justamente a valorização das parcerias. Não poupou elogios aos voluntários cadastrados no programa Sorocaba Voluntária, assim como as entidades que prestam papel relevante na assistência social no município. “Ser voluntário é doar um pouco do seu valioso tempo em prol do próximo, para uma sociedade mais justa, acolhedora”, disse.

Segundo o prefeito, é fundamental que o voluntário seja comprometido, pontual e assíduo com a sua responsabilidade. Além disso, alegria, solidariedade, ética e dinamismo são essenciais. Quem se dispuser a doar o tempo deve escolher uma causa que toque seu coração, saber trabalhar em equipe de forma integrada e colaborativa e estar disponível para atividades de formação, capacitação e treinamento.

Logo em seguida, o prefeito José Crespo, assim como o chefe de Gabinete do Poder Executivo, Alexandre Robin, e a titular da Secid, Suélei Gonçalves, homenagearam seis voluntários, que atuam em entidades cadastradas no programa e dedicam um pouco de seu tempo em benefício do próximo. Os homenageados foram indicados pelas entidades e secretarias: Afissore, Instituto Paz e Amor, Gpaci, Lar São Vicente de Paulo, instituição Izabel Exel Boemer, além da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semes) e também a Secretaria Municipal de Meio Ambiente Parques e Jardins (Sema). Receberam certificados: Godofredo Campos Borges, que foi representado por Daniela Cóli; Márcio José da Silva; Eliseu Rodrigues; Iamara Sarkovas; Vinícios Soares dos Santos; Rosely Wartto Wolf Sanches além de Maria Aparecida Martins, de 68 anos, e José Antonio Dalton, de 81 anos.

O evento contou também com testemunhos feitos por voluntários, que falaram ao público presente sobre suas atuações nas organizações sociais. Testemunhos emocionantes, como o feito por Iamara Sarkovas, que atua no Gpaci e também de Angela Vasconcelos Rezani, voluntária no Lar São Vicente de Paulo. Vanderlei da Silva também falou sobre a importância da entidade SOS e da importância do papel do voluntariado para as organizações sociais.

Dentro da programação, houve ainda uma palestra com o professor de educação física e secretário executivo da Associação Cristã de Moços (ACM) de Sorocaba, Jorge Arcanjo, que, como o tema “A trajetória do trabalho voluntário na ACM e sua repercussão na sociedade contemporânea”, procurou fortalecer a importância da participação do cidadão na sociedade civil organizada. 

O programa

Criado pelo Decreto Municipal 22.930/2017 (que regulamenta a Lei Municipal 6.406/2001), o Programa Sorocaba Voluntária, idealizado pelo Prefeito José Crespo, busca aproximar as organizações que precisam de ajuda, das pessoas que querem ser voluntárias e dedicar um pouco de seu tempo em benefício ao próximo.

Neste primeiro ano de existência do programa, o ‘Sorocaba Voluntária’ conta com mais de 1,1 mil pessoas dispostas a ajudar uma das 38 organizações cadastradas.

A Secretaria de Cidadania e Participação Popular (Secid), realiza o cadastro das organizações que necessitam de voluntários e faz periodicamente, o cruzamento entre o perfil do voluntário e a demanda da organização, viabilizando o contato e apoiando a formalização entre as partes.

Os interessados no voluntariado também podem se cadastrar a qualquer tempo através do site http://www.sorocaba.sp.gov.br/voluntarios/quero-ser-voluntario/. A Secid ressalta ainda que é preciso ter a consciência de que o trabalho voluntário não gera nem configura expectativa de vínculo empregatício com a organização, mas exige comprometimento e disposição em ajudar o próximo.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias