Tags

,

Utilizado em cerca de 60 cidades no estado de São Paulo, o Portal da Transparência é um canal pelo qual o qualquer cidadão pode acompanhar a utilização dos recursos públicos arrecadados com impostos no fornecimento de serviços públicos à população, além de se informar sobre outros assuntos relacionados à administração municipal, como receitas, gastos, salários de funcionários e contratos.

Quando a lei n° 12.527/2011 de Acesso à Informação entrou em vigor, Sorocaba foi uma das primeiras cidades a disponibilizar a plataforma, que é considerada uma das mais completas e melhores, segundo ranking elaborado pelo Ministério Público Federal.

Pensando em aprimorar a utilização e tornar o acesso dos usuários cada vez mais eficiente, a Ouvidoria municipal, em parceria com a Secretaria de Comunicação (Secom), realizará nos dias 9 e 10 de agosto uma palestra gratuita de como utilizar o sistema.

Na ocasião, chefias da Prefeitura, vereadores e jornalistas poderão retirar suas dúvidas e propor melhorias ao sistema. Segundo o secretário de Comunicação, Eloy de Oliveira, essa palestra é de suma importância para o crescimento da plataforma, e, como consequência, a valorização da transparência na gestão municipal. “Nosso objetivo é esclarecer dúvidas para facilitar o trabalho dos colegas jornalistas e colher contribuições para a melhoria da plataforma”, afirmou o secretário.

‘Sempre em busca de melhorias’

De acordo com Liliana de Jesus, ouvidora geral, o município está sempre em busca de melhorias, “por isso reunimos as secretarias que disponibilizam a maior parte das informações sobre o uso de recursos, matéria principal do Portal Transparência, para que possamos definir os itens a serem abordados, bem como possíveis inclusões.”

O encontro acontecerá no Salão de Vidro, localizado no térreo do Palácio dos Tropeiros, no bairro Alto da Boa Vista. No primeiro dia da palestra (9), as informações serão ministradas apenas para as chefias das secretarias da Prefeitura. Já o segundo dia (10) será destinado aos vereadores e jornalistas.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias