Tags

A população poderá conferir gratuitamente neste fim de semana (3,4 e 5) o XI Prêmio Sorocaba de Música – Festival Nacional de MPB Livre 2018 no Teatro Municipal “Teotônio Vilela” (TMTV).

Na sexta e sábado, a partir das 20h, serão realizadas as eliminatórias, com apresentação de 12 músicas por noite.

Já no domingo, a partir das 19h30, o júri vai decidir o primeiro, segundo e terceiro colocados, além de votar nos representantes das categorias Melhor Arranjo, Melhor Intérprete e Melhor Músico.

Promovido pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur), com organização da Z-Eventos, o prêmio é conhecido como um dos mais importantes do Brasil e tem como objetivo promover um intercâmbio artístico-cultural, revelar novos talentos e premiar os compositores, incentivando a produção profissional de sua arte. No total, o festival recebeu inscrições de 568 músicas de artistas do município e de diferentes partes do país.

Na sexta-feira, vão se apresentar os seguintes concorrentes: Carlos Madia (Primavera do Amor); Bruno Henrique (Será?); Dú Gomide (Tombo); Guilherme Fanti e Julio Moura (Despedida); Matheus Crippa (Se Eu Nascer de Novo); Monoclub (Perseguição); Rodrigo Sacco (Sobre Viver e Amar); Ananda Jacques (Macumba de Apartamento); Iuri Griga (Odiado); Carlos Eduardo Scalet e Guilherme Oller Francischinelli (Folha Seca); Tulio Pedrico, Gabriel Pedrico, Virgilio Franco (Menina dos Olhos); e Paula Cavalciuk (Cuspe).

Já no sábado, será a vez de X4 Hip Hop (Cabeça Feita); Vivi Rocha (Num Mesmo Espaço); Seresteiros da Viola (A Tapera e o Estradão); alunos do Centro Cultural Quilombinho e Prof. Flavinho (Zumbi, O Rei dos Palmares Vive); João Bid (Já Vai Passar a Dor); Ligia Kamada (Voltas); João Ferreira (Multiser); Azure Flora, Gustavo Wiaczorek e Odilon Domingues (Amor de Plástico Bolha); Renan Ribeiro (Lições); Bruno Yukio (Um Milagre Pós-moderno); Bruna Moraes (Como Teu Coração); e Tiago Máci (Magma).

Nesta edição, o concurso distribuirá um total de R$ 21.500 em prêmios, sendo R$ 7 mil para o 1º lugar; R$ 4 mil para o 2º lugar; e R$ 2 mil para o 3º lugar. Também receberão prêmios em dinheiro, no valor de R$ 500, os vencedores nas categorias melhor músico, melhor intérprete e melhor arranjo.

 

Pocket Show

Além da apresentação dos concorrentes ao prêmio, o público também vai poder conferir pocket show ao final de cada dia do festival. Na sexta-feira, quem subirá ao palco do TMTV será a dupla sorocabana Benziê, formada pelo casal de namorados Vic Conegero e Du Pessoa.

Ela, nascida em família de músicos, talentosíssima e dona de uma voz doce e suave que encanta quem ouve.  Ele, criativo e músico autodidata, escreve, arranja e compõe canções que falam sobre a vida cotidiana. A energia boa e contagiante do casal invade os acordes e letras que produzem e o resultado é música boa, simples e sincera, passando por ritmos brasileiros e com um forte tempero latino.

No sábado será a vez do músico João Leopoldo soltar a voz. Compositor, cantor e pianista paulistano, mudou-se para Sorocaba onde iniciou sua trajetória artística estudando no Conservatório Dramático e Musical de Tatuí. Se destacou em 2006 pelo site especializado Tramavirtual com o disco “Ideia Nova Ideia Velha”.

Com seis discos e dois EP’s, o músico já foi premiado em alguns dos principais festivais do Brasil. Em 2012 estreou em parceria com Cida Moreira o espetáculo “Canções Fatais”, relendo a obra de Vicente Celestino. Em 2014 com o musical “Dolores in Blues – o Universo de Dolores Duran”, foi contemplado pela Caixa Cultural apresentando-se nas capitais Salvador, Brasília e Recife. Em 2015 seu disco intitulado “NOVO” foi lançado com a participação de Cida Moreira e quarteto Sorocaba, arregimentado pelo maestro Bruno Cavalcante. Em 2017, o músico lança “Oi, tudo bem?”.  Vencedor do Prêmio de Música de Sorocaba.

Para a grande final do Prêmio Sorocaba de Música, no domingo, o público vai prestigiar Dani Black. Compositor, cantor e violonista, ele é filho do compositor Arnaldo Black e da cantora Tetê Espíndola. Artista premiado, ele tem canções gravadas por vários artistas de sua geração, entre os quais Dani Gurgel, Maria Gadú, Pedro Mariano, entre outros.

Em 2011, lançou seu primeiro CD, Dani Black, acompanhado por Adriano Magoo (teclados e acordeom), Marcelo Ribeiro (baixo) e Sandro Moreno (bateria), com músicas de sua autoria. Em 2015 lançou o CD “Dilúvio”, produzido por Conrado Goys, responsável também pelos arranjos do disco, que contou com onze faixas inéditas e autorais, dentre as quais “Maior”, com participação de Milton Nascimento.

De acordo com a Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur), os ingressos serão distribuídos uma hora antes do início do evento. O TMTV está localizado na avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, s/nº, no Alto da Boa Vista. Mais informações sobre o prêmio podem ser obtidas pelo telefone (15) 4101-1920 ou pelo site http://www.premiosorocabademusica.com.br/.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias