Tags

O Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” recebeu neste mês de julho a visita de estrangeiros que vieram conhecer o trabalho desenvolvido no espaço ecológico, que é referência na América Latina nas áreas de lazer, pesquisa, educação ambiental e preservação de espécies.

Para o secretário da Sema, Jessé Loures, o zoo está de portas abertas para receber profissionais do país e de outros lugares do mundo.  “O nosso zoo é classificado pelo Ibama na categoria A entre os zoológicos brasileiros. É muito importante essa troca de conhecimento entre as instituições”, destaca.

Desde terça-feira (24), o ex-tratador Chris Haines, que já atuou no zoológico de Durrel, na Ilha de Jersey, está no zoo trocando informações com os tratadores do parque sorocabano, falando sobre sua experiência no manejo de aves e da importância do trabalho dos tratadores para garantir o bem estar dos animais.

O profissional, que é voluntário do Programa Sorocaba Voluntária, da Secretaria de Cidadania e Participação Popular (Secid), gostou do zoo e ficou impressionado com os mutuns e os saguis. Segundo ele, em comunidade de tratadores de animais na rede social Facebook, existem recomendações para as pessoas visitarem a instituição sorocabana.

Também nesta semana, o biólogo James Hall formado na Universidade de Kent, na Inglaterra, está realizando atividades voluntárias para conhecer mais sobre o manejo e as ações conservacionistas realizadas pela equipe do zoo. Ele trabalhou por sete anos no zoo de Chapultapec e no zoo Los Coiotes, no México, como biólogo conservacionista e educador ambiental.

Outra visita especial que ocorreu neste mês de julho foi de dois estudantes de Medicina Veterinária da Universidade de Nantes, na França. Eles passaram uma semana acompanhando a rotina do zoo, como uma complementação do intercâmbio de 12 meses entre a Unesp Botucatu e a Universidade de Nantes. A universidade paulista tem convênio com o zoo e eles também foram voluntários através do programa Sorocaba Voluntária.

Com 1.145 animais de 290 espécies, o “Quinzinho de Barros” possui uma área de 136 mil metros quadrados, com lago e vegetação da Mata Atlântica. O espaço ecológico ainda possui Museu de Zoologia, biblioteca, anfiteatro, quiosques e visitas monitoradas. O zoo está localizado na rua Theodoro Kaisel, 883, na Vila Hortência, e funciona de terça a domingo, das 9h às 17h. Mais informações pelo telefone (15) 3227.5454. 

Como ser voluntário

Criado pelo Decreto Municipal 22.930/2017 (que regulamenta a Lei Municipal 6.406/2001), o Programa Sorocaba Voluntária visa encontrar pessoas engajadas e que queiram ajudar o próximo.

Os voluntários podem atuar em secretarias municipais ou organizações da sociedade civil, nos dias e horários de sua preferência, sendo regidos pela Lei Federal 9.608/98, ao qual não receberão salários e gratificações, pois não terão vínculo empregatício.

Para se inscrever no Programa Sorocaba Voluntária, basta acessar http://www.sorocaba.sp.gov.br/voluntarios/. Há um tutorial disponível para auxiliar tanto o candidato como as organizações. Outras informações sobre o programa podem ser obtidas pelo telefone (15) 3238.2236.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias