Tags

O prefeito José Crespo atendeu individualmente sete cidadãos em seu gabinete, no Paço Municipal, na tarde da quarta-feira (28). Foi mais uma edição do programa Fale com o Prefeito, cujas propostas que mais se destacaram foram a de duas mulheres, pelo fato de terem feito pedidos ou expostos opiniões que atendem a sociedade coletivamente, em benefício de muitos sorocabanos.

“Estamos aqui para dialogar com todos os que agendam esse encontro, mas no dia de hoje, principalmente as mulheres, demonstraram mais interesse coletivo”, declarou o prefeito.

A moradora do Jardim Paulistano, Ester Antônia Forti, buscou informações e expôs as suas opiniões ao prefeito sobre temas como os buracos nas ruas, a área invadida em terreno na margem da avenida Itavuvu, e multas de trânsito por videomonitoramento. Sobre o asfalto, o prefeito recordou do mutirão que a Prefeitura concluiu no final de fevereiro: foram reparados quase dois mil buracos, em mais de 190 ruas, de 50 bairros da cidade. Orientou que todos podem solicitar o serviço de tapa buraco por telefone 156 ou pelo site da Prefeitura.

Sobre as multas, o prefeito explicou que as regras de trânsito são criadas pelo Governo Federal e cabe aos municípios a obrigação de fiscalizar para que a sociedade cumpra a sua parte. Citou conhecidos casos de abuso, alta velocidade e fatos que de motoristas alcoolizados, que descumpriam as regras de trânsito e mataram inocentes. Defendeu que, por motivos como esses, a Prefeitura precisam fiscalizar, e os recursos das multas retornam em ações para o próprio trânsito e em investimentos viários, para gerar mais segurança.

Outra cidadã, Jéssica Christine Ribeiro, estava interessada em conhecer como o governo está administrando a sociedade. Entre outros temas, ela perguntou sobre as alianças partidárias e pediu médicos especialistas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). O prefeito explicou que as alianças são feitas principalmente com os vereadores que contribuem para atender as necessidades da população.

Sobre a saúde, explicou que a partir da gestão compartilhada com organizações sociais, a qualidade do atendimento em Sorocaba vai aumentar. Informou que não é possível manter médicos de todas as especialidades em cada uma das UBSs, no entanto, os clínicos gerais possuem toda a capacitação para prestar o atendimento necessário e encaminhar para um especialista, quando necessário. Jéssica Christine Ribeiro afirmou que aprova a gestão compartilhada.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios