Tags

,

Muri de Brigadeiro (PRP) foi anunciado e tomou posse, na tarde desta quinta-feira (22), como novo vereador da Câmara Municipal de Sorocaba. O parlamentar vai ocupar vaga da ex-vereadora Cintia de Almeida (MDB), que licenciou-se do cargo para assumir a Secretaria Municipal de Igualdade e Assistência Social.

O anúncio foi feito pelo presidente do legislativo sorocabano, vereador Rodrigo Manga (DEM), e a definição do nome do vereador seguiu orientação da Secretaria Jurídica da casa, após três candidatos protocolarem requerimento solicitando a vaga: Zé Medina (MDB), Fábio Simoa (Podemos) e o próprio Muri de Brigadeiro (PRP). Rodrigo Manga enviou ofício ao Tribunal Superior Eleitoral questionando qual o candidato deveria ocupar a posição, porém a Justiça Eleitoral respondeu que não compete ao órgão esclarecer essa questão e que caberia somente à Câmara decidir.

A Secretaria Jurídica da Câmara fez então uma análise dos números da eleição e chegou à conclusão que Zé Medina, que pertence à mesma coligação de Cintia de Almeida (MDB – DEM – PPS), não atingiu o coeficiente eleitoral  necessário para assumir, ou seja, no mínimo 1.500 votos. Já a coligação de Fábio Simoa (Podemos – PTB) ficou com menos votos que o PRP, como partido único. Por isso, Muri de Brigadeiro, o primeiro suplente dessa mesma sigla, com 2.634 votos, foi indicado para ocupar a vaga de vereador.

A cerimônia de posse de Muri de Brigadeiro foi conduzida pelo presidente Rodrigo Manga,  acompanhado pelos membros da Mesa Diretora, Luis Santos (2º vice-presidente) e José Francisco Martinez (2º secretário), além do vereador Wanderley Diogo.

Segundo mandato

Esta é a segunda vez que Maurício Rodrigues da Silva, o Muri de Brigadeiro, assume uma cadeira na Câmara Municipal. Em 2012, o parlamentar foi eleito com 3.374 votos e durante o mandato chegou a ocupar o cargo de 2º vice-presidente da Casa. Já nas eleições de 2016, ficou como primeiro suplente do partido, com 2.634 votos.

Técnico em Processamento de Dados, Muri é sorocabano e tem 41 anos. Escreveu o livro “História do Bairro Brigadeiro Tobias”, que resgata casos antigos do bairro onde começou na atividade política em 2000, como líder comunitário.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios