Tags

, , , , ,

A Câmara de Sorocaba solicitará à Corregedoria Geral do Município todos os documentos que instruem o processo de investigação sobre pagamentos duplicados para empresas que prestam serviço de distribuição da merenda escolar à rede municipal, a fim de acompanhar as apurações e eventualmente também instaurar procedimento no Legislativo.

A decisão  foi tomada em reunião realizada na Casa de Leis na tarde desta sexta-feira, 22, com o ex-secretário de Abastecimento e Nutrição, Daniel Police, que apresentou aos vereadores detalhes da denúncia feita por ele à Corregedoria enquanto integrava a administração municipal.

Participaram da reunião o presidente da Câmara, Rodrigo Manga (DEM), e os vereadores Francisco França (PT), Fausto Peres (Podemos), Hudson
Pessini (PMDB), Iara Bernardi (PT) e Renan Santos (PCdoB). Na ocasião, o ex-secretário afirmou aos parlamentares que identificou a realização de pagamentos duplicados no montante de R$ 720 mil a fornecedores da merenda entre os meses de fevereiro e setembro deste ano.

Police disse que enquanto ocupava o cargo de secretário municipal encaminhou diversos ofícios aos setores competentes da Prefeitura dando ciência das irregularidades e cobrando providências. Segundo ele, diante das denúncias a Corregedoria Geral abriu um processo para investigar o caso.

O presidente Rodrigo Manga classificou as acusações como “muito graves” e afirmou que a Câmara Municipal precisa agir. “Uma vez havendo indícios de corrupção, poderá haver uma CPI para apurar os fatos”, disse o presidente.

Além da solicitação feita à Corregedoria da Prefeitura, os vereadores
também encaminharam ao prefeito José Crespo um pedido de afastamento
imediato do Secretário Municipal de Igualdade e Assistência Social,
Alexandre Hugo de Moraes, com o intuito de evitar interferências e
preservar a lisura e transparência das investigações. Alexandre de
Moraes precedeu Daniel Police no comando da Secretaria de Abastecimento e Nutrição.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios