Tags

A partir desta segunda-feira (18) dependentes dos guardas civis municipais e funcionários da Urbes – Trânsito e Transporte passam a ter direito a bolsas de estudos no Colégio Cruz Azul, da Polícia Militar. O convênio foi assinado nesta segunda-feira (18), durante cerimônia realizada na sede da Secretaria da Segurança e Defesa Civil, no Jardim Ana Maria.

O evento contou com a participação da primeira-dama de Sorocaba e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Lilian Crespo, que foi recepcionada pelo secretário titular da pasta, Fernando Dini. Ainda estiveram presentes o comandante do CPI-7, coronel Antônio Valdir Gonçalves Filho, representando a Polícia Militar, juntamente de outras autoridades da PM; e o coronel Renato Penteado Perrenoud, coordenador do Cruz Azul.

A primeira-dama, Lilian Crespo, afirmou que Sorocaba precisa de mais iniciativas como essas. “O Colégio Cruz Azul hoje é uma instituição de ensino de excelência e que certamente já está fazendo a diferença na comunidade. Tenho certeza de que essa parceria que foi fechada hoje renderá bons frutos e tem todos os ingredientes para ser um sucesso absoluto”, cita.

Entidade filantrópica e sem fins lucrativos, o Colégio Cruz Azul foi fundado em 1925 para oferecer assistência médica e educacional aos policiais e hoje conta com 11 unidades de ensino em todo o Estado. Apesar de ser aberto a toda comunidade, a instituição disponibiliza bolsas de estudos aos policiais militares. “É um grande passo que estamos dando, ao abraçarmos o ensino voltado para os filhos dos profissionais que trabalham de forma diferente. Assim como os policiais militares, que já possuem esse benefício, os gcms também estão expostos a riscos. É uma parceria que tem tudo para dar certo”, diz o coronel Antônio Valdir.

O secretário Fernando Dini lembra que os funcionários terão a oportunidade de fazer a matrícula ainda este ano. “É um avanço para a corporação e uma devolutiva que nós estamos dando ao que esses homens e mulheres da Guarda Civil Municipal vem fazendo. Uma forma de incentivar e mostrar que estamos trabalhando firmes e juntos tanto por eles, quanto pelo povo sorocabano. O convênio com o Cruz Azul era um sonho de muitos gcms e hoje, depois de muita luta, conseguimos torná-lo realidade.”, ressalta.

O coronel Renato Penteado Perrenoud, coordenador do colégio, lembrou que os dependentes dos policiais militares e, agora, dos gcms e funcionários da Urbes, têm um tratamento especial em termos de bolsas, mas a comunidade toda é bem-vinda. “Nosso trabalho é oferecer ensino de qualidade, baseado nas premissas da Polícia Militar, com alta tecnologia e um custo que seja acessível. Temos 11 unidades e, em breve, abriremos mais quatro colégios em Bauru, Piracicaba, Ribeirão Preto e São José dos Campos”, diz.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios