Tags

Durante a última sessão ordinária do ano, nesta quinta-feira, 14, o presidente da Câmara, vereador Rodrigo Manga (DEM), acompanhado dos demais vereadores, repassou à vice-prefeita, Jaqueline Coutinho (PTB), a quantia de R$ 2 milhões, em mais uma devolução de recursos à Prefeitura, a segunda do ano. Em setembro, a Casa de Leis já havia entregue R$ 3 milhões ao Executivo, fruto da economia praticada pelo Legislativo ao longo do ano.

Manga anunciou a maior devolução da história da Casa. “Com a ajuda e empenho de cada um de vocês na redução de gastos, economia e revisão de contratos, a Câmara de Sorocaba, na contramão do que ocorre no país, dá o exemplo com a devolução que já fizemos, a devolução que fazemos agora e com a devolução que faremos em 30 de dezembro”, completou.

Até o final de 2017 outra remessa será repassada aos cofres públicos, além de recursos recuperados pela Casa na justiça, chegando a um valor total estimado de R$ 9 milhões. “Essa atual legislatura, que mescla a experiência de vereadores de vários mandatos, com o dinamismo dos vereadores em primeira legislatura, tem se mostrado a Legislatura mais atuante da cidade de Sorocaba”, ressaltou o presidente.

Em nome da Prefeitura, a vice-prefeita também ressaltou a importância da atuação da Câmara na atual Legislatura “que atinge os anseios de nós cidadãos”, conforme frisou. “Agradeço a segunda devolução de recursos, que demonstra a proatividade e competência política da Câmara e agradeço aos vereadores e servidores, no sentido de fazer economia, para devolver mais esse valor, que vai se reverter em prol da nossa população”, completou.

Santa Casa – Além dos parlamentares e da vice-prefeita, participou da solenidade o diretor-presidente da Irmandade da Santa Casa, Padre Flávio Jorge Miguel Junior que, após efetivado o repasse, foi homenageado, por iniciativa do vereador José Francisco Martinez (PSDB), com votos de congratulação pela comemoração dos 214 anos de fundação do hospital.

Com a presenta do provedor, os vereadores reforçaram o posicionamento da Câmara em prol da transferência da verba devolvida para a Santa Casa. “Espero que esse recurso possa ser repassado para a Santa Casa”, clamou Manga em nome de todos os parlamentares.

O vereador Renan Santos (PCdoB), da Comissão de Saúde da Casa, também afirmou que, conforme compromisso do prefeito José Crespo e da vice-prefeita Jaqueline com os vereadores, “os recursos devem sim ser repassado para o hospital para pagamento do 13º dos funcionários e outras dívidas do hospital”.

“Os senhores estão dando para Sorocaba uma aula de cidadania. A população de Sorocaba nunca viu uma Câmara tão atuante, apesar da pluralidade ideológica”, disse o Padre Flávio que confirmou que, com a efetivação do repasse, será pago o 13º salário de quase 800 funcionários da Santa Casa. O padre reforçou ainda que se em 2018 não houver recursos para pagamento de benefícios como férias e 13ª salário dos funcionários, o hospital corre o risco de ter o número de leitos diminuído.

Sobre o repasse ao hospital, a vice-prefeita afirmou que cabe ao prefeito definir a utilização da verba, reforçando, porém, “que existe o compromisso de um olhar mais que especial para a Saúde”. Funcionários dos mais diversos setores da Santa Casa também acompanharam o ato simbólico.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios