Tags

Colaborar com a preservação do meio ambiente, auxiliar a população em tarefas relacionadas a trabalhos de informática e ajudar entidades assistenciais da cidade. Esses são alguns os objetivos do programa de Metarreciclagem, da Prefeitura de Sorocaba.

A unidade mantida pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedeter) funciona em prédio localizado na vila Barão, zona norte da cidade, e recebe lixo eletrônico, tanto de empresas como da população de forma geral. Após a triagem do material recebido, o que é considerado como reaproveitável – depois de devidamente testado – é separado para a montagem de kits, compostos por teclados, mouses, CPUs e monitores, que são doados a entidades assistenciais, por meio do Fundo Social de Solidariedade, como ocorreu em agosto último, quando a primeira-dama Lilian Crespo realizou a entrega de 30 computadores a sete entidades assistenciais. Nos últimos anos, 530 desses kits foram destinados a associações beneficentes diversas.

De acordo com Gilberto Vieira Ayres de Campos, coordenador da unidade do Metarreciclagem, o material que durante a triagem foi considerado inservível é destinado a uma cooperativa, a Reviver, que realiza a reciclagem e a destinação correta desses componentes.

“Além de oferecermos à população e às empresas um local para a destinação de materiais eletrônicos que não mais estão sendo utilizados, evitando que sejam descartados em lixo comum e agridam o meio ambiente, fazemos o encaminhamento produtivo, aproveitando os componentes para os kits dos computadores que são doados a quem precisa e destinando o que é considerado inservível à reciclagem, proporcionando a geração de renda aos integrantes da cooperativa”, explica Gilberto.

Inclusão digital

A unidade do Metarreciclagem conta também com um espaço destinado à inclusão digital da população, o Telecentro Comunitário, que oferece acesso gratuito à internet, auxiliando as pessoas em tarefas diversas, como pesquisas para trabalhos escolares; cadastro para vagas de emprego; inscrições em concursos; emissão de documentos, como antecedentes criminais e segundas vias de contas de água e energia elétrica; digitação e impressão de declarações, trabalhos escolares e currículos, entre outros.

Ainda de acordo com o coordenador Gilberto Campos, os computadores oferecidos à população para essas tarefas também são resultado da triagem realizada no lixo eletrônico recebido, que possui uma média diária de 120 pessoas procurando a unidade para deixar os materiais que não mais estão utilizando em suas casas ou empresas.

O Metarreciclagem está localizado na avenida Nove de Julho, 1.066, na vila Barão, zona norte dacidade, e atende a população de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios