Tags

Para celebrar o Dia da Consciência Negra (20 de novembro), foi realizado na manhã desta segunda-feira (20) um culto ecumênico na Igreja de João de Camargo – a Capela Senhor do Bonfim, comandado por Mãe Ofá, Pastor Marcelo Mota e pelo teólogo João de Campos.

O público que compareceu ao evento comemorativo também pode conferir diversas atrações artísticas ligadas à cultura afrodescendente.

O evento, organizado pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Coordenadoria da Igualdade Racial da Secretaria de Igualdade e Assistência Social (Sias), Conselho Municipal de Participação de Desenvolvimento da Comunidade Negra (CMPDCN) e o Centro Cultural Quilombinho, ainda contou com uma homenagem especial à Rosangela Alves. Falecida neste ano, ela foi a fundadora do Quilombinho e uma das mais conhecidas articuladoras do movimento negro de Sorocaba. O Dia da Consciência Negra marca o aniversário da morte de Zumbi, líder da revolução do Quilombo dos Palmares, marco da luta pelos direitos dos negros no Brasil.

“Este é um dia importante para a sociedade para que entendamos de uma vez por todas que só temos uma raça: a raça humana. Obrigado a todos e tenham um bom dia”, destacou o prefeito José Crespo, que estava acompanhado dos secretários Alexandre Hugo (Igualdade e Assistência Social) e Werinton Kermes (Cultura e Turismo).

Para o teólogo João de Campos, que também é mestre em Educação e membro do Formador do Afro Nacional Progressista, esta é uma data de festa e de celebração do Zumbi dos Palmares. “A nossa arma mais poderosa chama educação, pois através dela há transformação. Basta do preconceito racial. Queremos a igualdade e o reconhecimento da etnia negra em todos os lugares. O negro tem valor, mas não queremos ser melhores do que ninguém, só queremos as mesmas oportunidades”, ressaltou.

Para Mãe Ofá, que é representante do Intecab (Instituto Nacional da Tradição e Cultura Afro Brasileira), de São Roque, a união é o caminho. “A união nos agrega e a segregação nos separa. É isso que precisamos: caminhar juntos para melhorar este universo”, declarou.

Antes e após o culto ecumênico na Capela de João de Camargo, a população pode conferir gratuitamente uma série de atrações artísticas, como o Maracatu Leão da Vila, Capoeira Gingai, Maracatu Baque Mulher, Maculelê Cordão de Ouro Cerrado, Maracatu Mukumby, Puxada de Rede Cordão de Ouro Cerrado e ainda algumas comidas típicas do candomblé.

O evento também contou com a presença dos vereadores Iara Bernardi, Renan dos Santos e Fernanda Garcia, do presidente do CMPDCN, José Marcos, da coordenadora de projetos do Quilombinho, Luiza Alves, e do representante do Movimento Hip Hop, Marcio Brown.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios