Tags

, , ,

O presidente da Câmara de Vereadores, Rodrigo Manga (DEM), afirmou que “houve um erro” ao entrar com agravo para tentar derrubar a liminar que trouxe o prefeito José Crespo (DEM) de volta ao seu mandato. O parlamentar foi entrevistado durante o Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema 91,1 FM, desta quinta-feira (26).

Segundo o argumentado por Manga, o agravo foi feito por procuradores sem conhecimento dele e da secretária Jurídica da Casa Legislativa, Márcia Pegorelli. “Houve um erro, uma falta de comunicação? Houve. Mas, por causa desse erro, iremos errar novamente? Não”. “Em 14 anos, isto nunca aconteceu”, revelou.

O presidente afirmou que soube da entrada do recurso por meio da secretaria Jurídica. “Vou [procurar] entender tudo o que aconteceu […]. Isso causou um reboliço”, disse.

A Câmara de Vereadores, um dia após a liminar concedida pela desembargadora Heloísa Mimessi, ocorrida em 5 de outubro, chegou a entrar com recurso para tentar derrubá-la, entretanto, foi negada pela mesma.

O acordado com a secretaria Jurídica da Casa Legislativa era, pelo menos em um primeiro momento, estudar para mais então, provavelmente, recorrer da decisão do Tribunal de Justiça.

Apesar do episódio considerado, por ele, como “erro”, Manga salientou que “não irá retirar o agravo e deixará ele correr na Justiça”. “Não quero me precipitar aqui. A mesa vai se reunir e decidir qual vai ser o próximo passo”, fomentou.

Já sobre a situação inesperada, Manga disse preferir “falar a verdade que mentir”. “Não tenho essa vaidade. Erros acontecem e você tem que por na balança”, declarou.

Ainda sobre a questão do retorno de Crespo, o parlamentar disse que, “daqui para a frente vai dar governabilidade para o Poder Executivo”. Ele ainda aproveitou para elogiar, novamente, o governo de Jaqueline Coutinho (PTB), quando prefeita. “Ela conseguiu fazer uma base sólida durante esses 43 dias. Aprovou todos os projetos enviados para o Legislativo”, contou.

Manga foi entrevistado dentro do espaço “O Deda Questão”, comandado pelo jornalista Djalma Benette. Ele respondeu a perguntas do diretor do Sistema Ipanema de Comunicação, Kiko Pagliato, além dos apresentadores Paulo Roberto Júnior e José Roberto Ercolim.

Fonte: Jornal Ipanema

Anúncios