Tags

,

O prefeito José Crespo (DEM), reuniu, às 12 horas desta sexta-feira (6), a imprensa para se pronunciar oficialmente após 43 dias de seu afastamento. O primeiro fato anunciado pelo democrata foi a conciliação entre ele e a vice-prefeita Jaqueline Coutinho (PTB), durante uma reunião que durou cerca de uma hora. “Desculpei-me com Jaqueline e iniciaremos o relacionamento do zero”, informou.

Ao lado de Crespo estavam Hudson Zuliani, Eloy de Oliveira e o advogado Ricardo Porto. Jaqueline não participou do pronunciamento, pois teve de ir a São Paulo para um encontro com seu partido.

“Ninguém na vida planeja certos problemas, eles simplesmente vêm e temos de superá-lo da melhor maneira possível. A tempestade, por pior que seja, passa”, alegou em início de discurso. “Problemas, falhas que nós temos, a gente não percebe, somos obrigados para parar e refletir melhor. temos de fazer exame de consciência para melhorar a cada dia”.

À população, ele relatou que o problema político de seu afastamento não atrapalhou o andamento do trabalho da prefeitura e que pretende aumentar o diálogo.

Ele também demonstrou expectativa em ter melhor relação política com a vice. “Ela voltará a ser tão ou mais atuante. Esta nova fase vai ser maior. Duvido que haja problema deste tipo. deverá ter outros, mas não os mesmos”, disse. Assim como já informado pelo portal Ipa Online, o democrata afirmou que não pensa em exoneração de secretariado neste momento. “Nós vamos ter um novo secretariado, não que vá mudar tudo, mas podemos trazer novos nomes”, esclareceu.

Sobre os cargos exonerados, com a assessora em Brasília, ele afirmou que deve resolver, primeiramente, o primeiro escalão e depois resolver a situação dos cargos de segundo e terceiro e, então, os de livre nomeação. “Vamos ter que governar com o número de cargos disponíveis ou vamos nos adaptar, assim como a vice-prefeita fez”.

Crespo ainda declarou que logo mais deve haver a inauguração do Botão do Pânico.

Fonte: Jornal Ipanema