Tags

, , , ,

O vereador Anselmo Rolim Neto (PSDB) ingressou, na Vara da Fazenda Pública de Sorocaba, com um mandado de segurança para tentar anular a sessão extraordinária da última quinta-feira (24), que cassou o prefeito José Crespo (DEM). O tucano foi impedido de votar e cita “manobra esdrúxula” para reverter a situação.

O mandado de segurança será apreciado pelo juiz Alexandre Dartanhan de Mello Guerra nesta segunda-feira (28). Se obtiver êxito, é provável que Neto consiga anular a sessão da Câmara Municipal de Sorocaba.

O Legislativo, por sua vez, reafirmou ter feito tudo dentro da “legalidade” e que, assim que for notificado, irá apresentar as argumentações e embasamentos jurídicos necessários, com jurisprudências e garantias legais ao ato.

Fonte: Jornal Ipanema

Anúncios