Tags

A Secretaria de Abastecimento e Nutrição de Sorocaba, realizou o 2° Seminário de Agricultura Familiar, nesta terça-feira (22), no teatro municipal.

O evento trouxe como principal tema a Agricultura familiar e a valorização dos feirantes.

Além do secretário Alexandre Hugo de Morais, do secretário Adjunto Osmar Thibes e toda a equipe da pasta, o representante da Secretaria de Agricultura do estado de SP, Arnaldo Valverde, que destacou a importância do agronegócio local.

“Sorocaba é muito estratégica para o Estado por dois motivos: a segurança dos alimentos e o abastecimento, e este governo demonstrou a preocupação na área inovando num caminho de ótimas práticas”, conta ele.

O primeiro tema debatido pela gestora do projeto Bota na Mesa do Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV-EAESP, Manuela Maluf Santos, foi a agricultura familiar, uma gestão que é compartilhada pela família e que tem o campo como a principal fonte geradora de renda.

Um dos palestrantes, o professor doutor Ubaldino Dantas Machado, presidente do CNIPEA – Centro Nacional de Inovação, Pesquisa e Extensão Rural em Agronegócio, aproveitou a ocasião para debater sobre o feirante, “ O feirante é o primeiro na cadeia produtiva, então nós temos que valorizá-lo inovando em ações que façam da feira livre algo maior que o comércio e acho que isto está sendo feito, diz ele.

O cultivador de Sorocaba, Iwao Akamatsu, um dos maiores produtores rurais de substrato de cogumelo do Brasil, participou pela segunda vez do evento, responsável pela venda de 60% dos cogumelos do país, ele acredita que a agricultura, felizmente, foi um dos setores menos atingidos pela crise e entende que cidade está cada dia mais reconhecendo o valor da atividade rural, por isso eventos como o seminário se fazem cada vez mais necessários.

Para o secretário Alexandre, o principal objetivo do Seminário, superou a expectativa de trazer mais conhecimento para somar forças do setor. “ Nossa Secretaria está preocupada desde o tipo de produção até a qualidade do produto final e estamos felizes que estamos conseguindo reunir profissionais como estes para debater e trazer mais conhecimento às pessoas ligadas ao agronegócio”, destacou.

Desde que foi criada a Seaban, os trabalhos voltados à área têm sido cada vez mais frequentes, entre eles, a criação da CEASO- Central Entreposto e Abastecimento de Sorocaba, um local de fortalecimento para o pequeno e médio produtor da cidade. De acordo com o secretário Alexandre, e o secretário adjunto Osmar Thibes, o projeto já foi encaminhado para o Ministério de Agricultura e também estão sendo feitas articulações a nível estadual.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios