Tags

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba deu início nesta quinta-feira (10) à implantação de aduelas de concreto em mais uma galeria celular que está sendo executada, em cumprimento ao cronograma de obras do Reservatório de Detenção de Cheias do Córrego Água Vermelha, na travessia do córrego existente na rua Manaus, no Jardim Paulistano. Ao todo, as obras do RDC terão sete dessas galerias, das quais quatro já estão finalizadas.

A intervenção atual está sendo constituída pela instalação da primeira linha de aduelas, de duas que serão executadas. As aduelas de concreto armado medem 4,5 metros de comprimento por 2,5 metros de altura cada, sendo posicionadas formando uma passagem de 45 metros de extensão, e terão a finalidade de substituir os antigos tubos e possibilitar maior vazão das águas e consequentemente a eliminação dos pontos de “estrangulamento” do córrego, que contribuem para os alagamentos. Essa nova ação só foi possível após a autarquia realizar a colocação de estacas de contenção para que o talude fosse escorado, como medida de segurança.

No total, a primeira linha dessa nova galeria celular receberá 45 aduelas, das quais 22 foram instaladas até o final da tarde de hoje, com a utilização de guindastes, caminhões e máquinas retroescavadeiras, enquanto as 23 restantes serão assentadas nesta sexta-feira (11). A previsão é de que a segunda linha seja também finalizada em até sessenta dias.

Na sequência desta intervenção, será dado início à escavação da segunda bacia de contenção prevista no projeto executivo da obra, que será construída numa área de 29.900 metros quadrados, com capacidade para receber um volume de 74.750 metros cúbicos de água, compreendendo as ruas Marechal Dutra, Manaus, Aracaju, Natal, Garcia Redondo e Visconde de Cairu, nas proximidades da Escola Técnica Estadual “Fernando Prestes”.

De acordo com o diretor-geral da autarquia, Ronald Pereira da Silva, as obras do RDC Água Vermelha consistem na implantação de duas grandes bacias de contenção, com sistemas extravasores e de drenagem, que armazenarão as águas de chuva até os seus limites de capacidade, fazendo em seguida o escoamento gradativo, eliminando assim os pontos de transbordamento do córrego e os alagamentos ao longo do seu percurso.

“A obra será completada com a urbanização no entorno das duas bacias de contenção, que serão interligadas, com a implantação de ciclovia e pista de caminhada, entre outros equipamentos de lazer, formando o que se denominará Parque dos Estados”, finalizou.

A área total da obra é de 42.650 metros quadrados, abrangendo o Jardim América, Vila Jardini, Jardim dos Estados, Jardim Paulistano e Jardim Embaixador.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios