Tags

, ,

Mais uma vez o vereador e presidente Rodrigo Manga, do mesmo partido do prefeito José Crespo (DEM), foi ignorado pelo prefeito durante cerimônia de entrega de títulos de regularização fundiária, ocorrida no Teatro Municipal Teotônio Vilela (TMTV), na noite de terça-feira (8).

O vereador chegou ao recinto, sentou-se ao lado de outros secretários municipais que mal o cumprimentaram e, na composição da mesa, foi deixado de fora.

Apenas parte do público, que ocupava as cadeiras na plateia, é que ovacionou o vereador, tanto na chegada quanto na saída. A cerimônia começou às 18h30, e Manga permaneceu até às 19h40, sendo citado apenas no discurso do vereador e líder do governo na Câmara, Fernando Dini (PMDB).

Quando o vereador chegou ao recinto, a mesa já estava composta. Assim que saía, parte do público pedia para o parlamentar fazer discurso, mas Manga apenas agradeceu e foi embora.

Apenas os vereadores Fernando Dini e Irineu Toledo (PRB), que é da base de apoio do governo, foram citados pelo prefeito no discurso. Nesse momento, algumas pessoas gritaram: “E o Manga?”; mas Crespo ignorou os comentários, afirmando apenas que os vereadores Dini e Irineu é que mereciam ser citados por terem atuado na regularização fundiária.

Na mesa, ficaram Cespo; o secretário municipal de Habitação e Regularização Fundiária, Maurício Campanati; o vereador Dini; e o ex-prefeito de Olímpia, Geninho Zuliani (DEM), representando o secretário estadual de Habitação, Rodrigo Garcia (DEM).

Fonte: Rádio Cruzeiro do Sul

Anúncios