Tags

,

A Comissão Processante que investiga suposta infração político-administrativa do prefeito José Crespo ouviu o chefe do Executivo na tarde desta terça-feira, 8, na Sala de Reuniões da Câmara Municipal de Sorocaba.

Mais de 40 perguntas foram feitas pelos vereadores Fausto Peres (Podemos), presidente da comissão; Vitão do Cachorrão (PMDB), relator; e Silvano Junior (PV) acerca dos acontecimentos envolvendo a denúncia.

“A comissão fez ao prefeito os questionamentos necessários e acreditamos que todas as informações que precisamos para entender os fatos foram colhidas com seu depoimento e os das testemunhas”, afirmou Fausto Peres. O depoimento do prefeito encerrou o ciclo de oitivas da comissão. A defesa do prefeito receberá nesta quarta-feira, 9, a gravação em vídeo da oitiva e a partir de quinta-feira, 10, tem início o prazo de cinco dias para apresentação de suas alegações finais.

Decorrido esse prazo, a comissão emitirá um parecer final pela procedência ou improcedência da acusação e solicitará ao presidente da Câmara, vereador Rodrigo Manga (DEM), a convocação de sessão para julgamento.

A Comissão Processante foi instaurada na sessão de 27 de junho último, com base no Decreto-Lei nº 201, após aprovação em plenário do pedido de cassação e afastamento do prefeito. Protocolado pelo munícipe Helder Abud Paranhos, chefe de gabinete do vereador Renan Santos (PCdoB), o pedido ocorreu em virtude da denúncia de que o prefeito teria agredido verbalmente o secretário Hudson Zuliani, do Gabinete Central, e a vice-prefeita, Jaqueline Coutinho, além de supostamente impedir a investigação da possível irregularidade do diploma da ex-assessora Tatiane Polis.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios