Tags

, ,

O prefeito José Crespo (DEM) afirmou que assinou, nesta terça-feira (8), a notificação do oficial de Justiça que autoriza a volta da vice-prefeita Jaqueline Coutinho (PTB) ao seu gabinete no sexto andar do Paço. A equipe de reportagem do Portal Jornal Ipanema conversou com o advogado da vice, Márcio Rogério Dias, e afirmou que tanto ele como Jaqueline se dirigem à Prefeitura de Sorocaba.

A assinatura ocorreu em cima do palanque no qual ocorria uma cerimônia de abertura do aniversário de Sorocaba. Segundo informações da repórter Cristiane Carvalho, secretários municipais fizeram uma espécie de “barreira” bloqueando jornalistas de acompanharem o momento da assinatura.

Ouça mais informações em https://ipa_crespo-sala.mp3

Após assinar a notificação, o democrata saiu rodeado de sua assessoria, entrou em seu carro oficial e partiu para um outro evento em uma universidade. Questionado pela jornalista, Crespo não respondeu se liberará a sala à Jaqueline, mas afirmou que tudo “será normal, como sempre foi”.

O oficial de Justiça Pedro Marcelo apareceu no evento por volta das 8 horas e aguardou do lado de fora do palanque para que o prefeito assinasse o documento.

Nesta tarde de terça-feira, às 15h30, está previsto o depoimento do prefeito à Comissão Processante, que investiga se Crespo cometeu crime contra a administração pública ao não investigar denúncias quanto ao diploma de ensino fundamental da ex-assessora Tatiane Polis.

Crespo “dribla” oficial

Nesta segunda-feira (7), a vice-prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho, não havia conseguido retornar à sua sala no 6º andar do Palácio dos Tropeiros. Por duas vezes, um Oficial de Justiça tentou localizar o prefeito José Crespo (DEM), a fim de notificá-lo sobre a decisão do Tribunal de Justiça (TJ), que assegurou à vice a retomada dos trabalhos na Prefeitura.

Nos bastidores políticos, de acordo com o colunista Djalma Benette, de “O Deda Questão”, a decisão de Crespo “driblar” o oficial de Justiça desagradou secretários.

Segundo a assessoria do prefeito, Crespo chegou para trabalhar às 6h e deixou o Palácio dos Tropeiros por volta das 10h. Não foi informado o seu paradeiro durante o restante do dia e da tarde.

Jaqueline esteve com o advogado Márcio Rogério Dias no Paço, a fim de acompanhar a intimação a Crespo.

Fonte: Jornal Ipanema

Anúncios