Tags

,

A desembargadora Isabel Cogan, do Tribunal de Justiça do Estado, concedeu na tarde desta quinta-feira (3) liminar que garante à vice-prefeita Jaqueline Barcelos Coutinho (PTB) o direito de voltar a ocupar o seu gabinete no sexto andar do Paço. Ela foi afastada por ordem do prefeito José Crespo (DEM) em 17 de julho e, desde então, não pôde desempenhar as funções.

Crespo alegou divergências políticas para tomar a decisão. Jaqueline ingressou com mandado de segurança na Vara da Fazenda Pública da Comarca, mas teve o pedido negado pelo juiz Alexandre Dartanham de Mello Guerra. Recorreu, então, ao TJ que, num primeiro momento, manteve a decisão de primeira instância.

Isabel Cogan agendou reunião em seu gabinete nesta quinta, à qual o prefeito, apesar de comunicado, não compareceu. Ele comunicou, por meio de ofício, que não iria. A atividade serviria para que ambos apresentassem seus motivos. No despacho divulgado no início da noite, a magistrada determina que a vice tenha livre acesso às instalações da Prefeitura e ao seu gabinete “com as condições materiais necessárias, incluindo equipamentos e telefones que viabilizem o exercício de seu cargo, ao menos até pronunciamento definitivo da Turma Julgadora”. Ela deve reassumir o posto na sexta-feira (4).

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Anúncios