Tags

O escritor e jornalista sorocabano Abner Laurindo, que já trabalhou nos principais veículos de comunicação da cidade, visitou nesta quinta-feira (03) a Secretaria de Comunicação e Eventos da Prefeitura de Sorocaba e outros departamentos da administração municipal para apresentar e divulgar o seu livro Mata Rasteira.

Lançada pela editora Essencial, a obra tem alcançado sucesso e motivado a participação do escritor em diversos debates e painéis sobre a capoeira e a cultura negra. Além da Secom, Abner também visitou órgãos da imprensa no dia de hoje.

O livro

Criada por volta de 1640 a Capoeira foi o elemento condutor do livro Mata Rasteira de Abner Laurindo. Elemento de resistência dos negros contra o regime de escravidão no Brasil Colônia, a arte marcial popularizou-se e tornou-se esporte nacional, tendo em Sorocaba um dos seus principais núcleos no Brasil com academias e personalidades importantes. Abner, de modo ficcional, retratou em seu livro diversas histórias da Capoeira. O autor ressalta que, embora a obra seja ficcional, a narrativa está entrelaçada por elementos reais e dados históricos.

O romance narra a saga de um jovem angolano raptado por mercadores de escravos. Tornado escravo ele cria um poderoso mecanismo de defesa e une dezenas de africanos em torno do propósito de resistência e libertação.

A edição do livro Mata Rasteira recebeu o aporte de R$ 6.500,00 da Lei de Incentivo a Cultura de Sorocaba (LINC) e é a terceira obra do escritor sorocabano que também publicou os romances policiais Meu tio levou um tiro — Memórias de um garotinho negro, 2014, e Tempos difíceis — agentes do fogo, 2012. Os livros de Abner podem ser obtidos em livrarias da cidade.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios