Tags

, ,

O ex-secretário de Governo do ex-prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), João Leandro da Costa Filho, abriu, nesta manhã de quarta-feira (2), uma ação criminal na Delegacia Seccional de Sorocaba, contra as acusações que o prefeito José Crespo (DEM), fez ao governo anterior.

Ao lado do advogado, André Eduardo Silva, João Leandro, que atualmente é presidente do PSDB e chefe de gabinete do deputado federal Vitor Lippi, informou à imprensa que “requer abertura do inquérito policial para que ele [Crespo] prove que houve corrupção no governo Pannunzio”.

Também foi protocolado no fórum, na Vara Criminal, requerimento de abertura de inquérito sobre o caso. “Abri ação criminal contra o prefeito, na verdade, pedido de explicação criminal. Estou interpelando, criminalmente, para que ele vá até á Justiça e apresente provas de todas as acusações que ele vem fazendo ao governo anterior e, estou antecipando o que o juiz vai fazer. Estou vindo até à polícia, já também requerendo, em meu nome, para que a polícia também interpele e ele apresente provas de que havia corrupção, propina. Isso tudo é para preservar, inclusive, a minha reputação”, afirmou.

O ex-secretário se disse “lesado” com as acusações. “Se ele se descobriu propinas, corrupção, como chefe maior do município, ele tem a obrigação de dizer quem são os corruptos e quais tipos foram praticados no governo anterior e que diga o nome. Porque, se não, ele coloca todos sob suspeita, inclusive os 12 mil funcionários públicos de Sorocaba”, relatou.

João Leandro foi o candidato a prefeito pelo partido tucano nas eleições de 2016.

Fonte: Jornal Ipanema

Anúncios