No início da noite desta sexta-feira (21) – 16º dia de greve do transporte coletivo na cidade – mesmo com a presença de oficiais de justiça nos Terminais São Paulo e Santo Antônio, foram constatadas irregularidades praticadas pelo Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região.

Ônibus das linhas 31-Cajuru e 42-Laranjeiras permaneceram estacionados em pontos finais das linhas por mais tempo do que é permitido, de forma deliberada, prejudicando usuários nos dois terminais.

A presença dos oficiais de justiça nesta sexta-feira ocorreu durante todo o dia, por determinação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região, para verificar se a liminar de tutela antecipada está sendo devidamente cumprida pelo sindicato durante a greve de ônibus.

No ponto final da linha 31 – Cajuru, 6 ônibus permaneceram estacionados durante 1h15. Após este período, 3 veículos saíram do local em comboio. Já no ponto final da linha 42 – Laranjeiras, por volta das 18h55, foram registrados 4 ônibus parados no local por 40 minutos.

Os oficiais de justiça puderam conferir as duas ocorrências, tanto por imagens das câmeras do CCO do Terminal Santo Antônio, que mostravam as longas filas que se formaram nas plataformas dois terminais, quanto por imagens mostradas pelo GPS dos ônibus.

Fiscais da Urbes e das empresas concessionárias estão registrando Boletim de Ocorrência. Por volta das 19h40, os oficiais de justiça deixaram os Terminais São Paulo e Santo Antônio e foram às garagens da Consor e da STU.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios