Tags

A vereadora e presidente da CPI, Fernanda Garcia (PSOL), irá propor a exoneração do cargo de comissão, ressarcimento aos cofres públicos e cancelamento do registro do diploma de Ensino Superior da comissionada Tatiane Polis.

Amanhã, às 9 horas, em plenário, a CPI se reunirá para seguir com os encaminhamentos de investigação, após receber parecer da Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro, o qual nega existir registros da assessora Tatiane Polis como formada em Ensino Fundamental e Ensino Médio pelo Colégio Cobra.

A presidente Fernanda Garcia irá recomendar exoneração imediata da assessora Tatiane Regina Goes Polis, ao prefeito, com base nos dados levantados; e a abertura do processo administrativo disciplinar, pedindo ressarcimento aos cofres públicos.

Além de oficiar a Esamc para que abra processo administrativo a fim de encaminhar cancelamento do registro do diploma do Ensino Superior, com base nos documentos coletados pela CPI, principalmente o documento da Secretaria de Educação do RJ.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios