Tags

,

A greve do transporte coletivo de Sorocaba teve a sua suspensão prorrogada até a próxima quarta-feira (19), anunciou na tarde desta quinta-feira o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região.

A decisão ocorreu após reunião entre vereadores, representantes do sindicato e o prefeito José Crespo (DEM) nesta manhã.

Durante a reunião, ficou decidido que a Prefeitura aceitará a doação de recursos da Câmara, e com parte dessa verba estudará a possibilidade de oferecer mais um percentual próximo aos 1,57% de reajuste, valor reivindicado pelos motoristas além dos 4%. O percentual se somaria, com isso, aos 4% indicado pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT), que segundo Crespo é o único valor possível de se conceder com o atual caixa da Urbes.

A reunião de hoje havia sido solicitada pelos vereadores ontem, após encontro com o sindicato para o qual o prefeito foi convidado, mas não compareceu. Nessa reunião, a Câmara informou a possibilidade de doar R$ 8 milhões do seu orçamento para a Prefeitura, sendo que parte desses recursos poderia ser destinado para o reajuste dos motoristas.

Nova proposta

O sindicato informou que o prazo de suspensão da greve foi concedido com o comprometimento de que a Prefeitura apresente uma nova proposta de reajuste salarial, um dia antes, na terça-feira, com base no percentual aprovado para os motoristas de Votorantim – de 4% retroativo a maio mais 1,57% a partir de setembro.

Ainda segundo a entidade, na quarta será feita uma assembleia com os motoristas e o sindicato responderá se aceita ou não a proposta da Prefeitura.

A greve já havia sido suspensa até a madrugada de sexta-feira após a reunião de ontem com os vereadores.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Anúncios