Tags

,

O vereador JP Miranda (PSDB) gravou um vídeo explicando o porquê de ter deixado a sessão na Câmara de Vereadores, nesta terça-feira (11).

De acordo com o parlamentar, foi preciso ter saído do plenário para proteger “sua integridade física” e por conta de “ameaças”.

“Vou registrar um boletim de ocorrência na delegacia e continuarei mostrando a verdade sobre essa greve que logo será considerada ilegal e que só prejudica quem precisa de ônibus”, exclamou. “não sou contra motoristas, sou a favor da população sorocabana”.

Ainda no vídeo, Miranda opina que a greve se tornou política.

O vereador saiu do plenário, após a chegada de dezenas de trabalhadores do transporte urbano na Casa Legislativa. Após a saída de Miranda, o grupo passou a gritar “aparece, JP!”.

O Portal Jornal Ipanema pediu informações sobre o “abandono” do vereador do plenário. A assessoria esclareceu que “ele não ficou com medo ou passou mal e voltou a frisar que ‘saiu porque foi ameaçado e optou por preservar a integridade física dele'”.

Pelas redes sociais, o parlamentar se posiciona contra a greve de ônibus.

Fonte: Jornal Ipanema

Anúncios