Tags

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba obteve a aprovação de três solicitações de financiamentos, apresentadas em maio deste ano, junto ao Fundo Estadual  de Recursos Hídricos (Fehidro), órgão ligado à Secretaria Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos.

No total, os recursos concedidos a fundo perdido, ou seja, sem a necessidade de reembolso ao órgão estadual, somam R$ 4.157.000,00, possibilitando que a autarquia tenha condições de colocar em prática três ações programadas, que precisavam de recursos externos, e que abrangem as áreas de distribuição de água, coleta de esgoto e drenagem.

“Dos quatro projetos apresentados, conseguimos a aprovação para o financiamento de três deles, e aquele que não obteve liberação imediata depende apenas da apresentação de informações complementares solicitadas pelo Fehidro, o que será realizado nos próximos dias. Essas são ações importantes e que integram o plano de governo do prefeito José Crespo, e que agora teremos condições de concretizar com a conquista desses financiamentos”, destaca o diretor-geral da autarquia, Ronald Pereira da Silva.

As ações

No setor de distribuição de água, a autarquia obteve a aprovação de um financiamento de R$ 3.418.650,00, que será aplicado no recém-instituído Programa de Controle e Redução de Perdas, cujo objetivo é diminuir a diferença existente entre o volume de água produzida e o total medido nos hidrômetros, mensalmente.

Essas perdas, que atualmente se encontram em torno dos 40%, são decorrentes de fatores diversos, tais como vazamentos nas redes de distribuição; hidrômetros antigos com imprecisões, quebrados, parados, fraudados/violados; furto de água no sistema de distribuição (“gatos”) e água utilizada na lavagem de filtros, no processo de tratamento.

Para este programa, a autarquia solicitou o financiamento para aplicar na compra de equipamentos de medição de grandes volumes  de água (macro medidores); substituição de hidrômetros antigos por novos e contratação de serviços para a detecção de vazamentos não visíveis, conjunto de ações que vai permitir a detecção e a correção dos problemas de forma pontual.

Na área de drenagem, a autarquia obteve do Fehidro um financiamento de R$ 488.000,00, para o serviço de batimetria, que vai consistir no mapeamento da topografia do leito do rio Sorocaba, e que será a base para a retomada das ações de desassoreamento.

Finalmente, no setor de esgoto, o financiamento aprovado é de R$ R$ 251.000,00, e será destinado à elaboração de projeto para a implantação de coletor num trecho do córrego Taquarivaí que ainda não é saneado, entre as avenidas Victor Andrew e Independência.

O quarto pedido de financiamento, que ainda depende de confirmação após a apresentação das informações complementares solicitadas pelo Fehidro, é o relacionado às obras de adequação da canalização do córrego Supiriri, num trecho de 320 metros, nas proximidades do Shopping Sorocaba.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios