Tags

Realizado pela Coordenadoria de Diversidade Sexual da Secretaria de Igualdade e Assistência Social da Prefeitura de Sorocaba, o ‘I Seminário LGBT: Bullying e Evasão Escolar de Discentes LGBT” reuniu membros da comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros), educadores e representantes do poder público municipal na tarde desta quarta-feira (05) no centro de Sorocaba.

O auditório da Secretaria de Igualdade e Assistência Social – onde foi realizado o Fórum- abrigou uma série de intervenções de pesquisadores e especialistas no tema.

A Secretaria de Igualdade e Assistência Social e a Secretaria de Educação, além da Ouvidoria Geral do Município, presentes ao evento, demonstraram interesse e disposição de atuar no sentido de impedir a evasão escolar de estudantes LGBTS a partir da criação de políticas públicas e o acolhimento desses jovens, além do treinamento e conscientização de funcionários e professores das redes de ensino.

Entre os especialistas falaram; Josefina de Fátima Tranquilin Silva (Fina), professora Universitária, Drª em Antropologia e Pós-Doutorado em comunicação. Conselheira da recém criada Associação Transgêneros de Sorocaba (ATS) e Pesquisadora sobre Juventude e Gênero; Sonia Piaya – Supervisora de Ensino da rede Municipal, Especialista em Gestão Escolar e Psicopedagogia. Mestre em Psicologia da Educação pela PUC/SP. Doutora em Educação pela UNISO; Gelberton Vieira Rodrigues (Tom) – Conselho Regional de Psicologia; Lais Tranquilin – Cientista Social, Professora do Estado de São Paulo, tendo participado de projetos ligados às pessoas LGBTs nas escolas, através da ONG Casvi; dois jovens do projeto GADS (Grupos de Apoio da Diversidade Sexual) da Coordenadoria de Diversidade Sexual ainda deram depoimentos sobre o processo de assédio moral e constrangimento que passaram.

GADS oferece suporte a jovens LGBT

O Grupo de Apoio à Diversidade Sexual (GADS), criado pela Coordenadoria de Diversidade Sexual da Secretaria de Igualdade e Assistência Social, organismo criado para amparar jovens LGBT e suas famílias, se reúne todo primeiro sábado do mês, sempre às 15h, tendo como tema toda a diversidade sexual. Nos encontros o público do GADS são os jovens homossexuais e transgêneros em geral.

Segundo a coordenadora de Diversidade Sexual, Ana Miragaia, o GADS tem importância de acolher e debater as dúvidas de jovens homossexuais e transgêneros, dando-lhes amparo rápido dentro da estrutura do poder público.

”São nessas atividades que fazemos no GADS que temos chance de conhecer e acolher esses jovens. Temos uma estrutura similar para dialogar com os pais deles, e ambas as ações estão sendo positivas, com resultados aparecendo”, ressalta a Coordenadora Ana Miragaia

As pessoas que desejem participar podem entrar em contato com a Coordenadoria de Diversidade sexual pelo telefone 15 3219-1920 ou pelo email amiragaia@sorocaba.sp.gov.br

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios