Tags

Em evento concorrido na manhã desta terça-feira (04), o salão de vidro da Prefeitura de Sorocaba ficou pequeno para tanta gente. Secretários Municipais, o Prefeito, empresários e comerciantes e dirigentes de entidades patronais e empresariais reuniram-se para apresentar medidas de aquecimento da economia local.

Logo na entrada do Salão de Vidro, três microempreendedores apresentavam seus trabalhos, possíveis apenas a partir de empréstimos obtidos com o Banco do Povo Paulista. Em um stand foi demonstrada soluções para arquitetos, em outro uma empresa de produtos de artesanato em madeira e, por fim, um comerciante que especializou-se na produção de sorvetes artesanais. Sorvete distribuído aos presentes e um presente ao prefeito de Sorocaba: um brasão de Sorocaba em madeira.

Envolvendo diversas entidades e órgãos públicos, o chamado Pacote de Aquecimento da Economia Local, foi gestado coletivamente; surgiu a partir das sugestões dos membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (CMDES), presidido pelo empresário Erly Domingues de Sillos, e do qual fazem parte membros de diversas secretarias municipais e segmentos econômicos da cidade, e depois foi sendo aprimorado em reuniões setorizadas até tomar a forma de um grande pacote que deverá fomentar o consumo e gerar renda em Sorocaba.

As sugestões iniciais do Conselho de Desenvolvimento Econômico foram aprimoradas em reuniões com diversos órgãos da Prefeitura de Sorocaba, em especial, as Secretarias de Desenvolvimento Econômico; Secretaria de Licitações e Contratos; Secretaria de Cultura e Turismo; Secretaria de Abastecimento e Nutrição; Secretaria de Conservação, Serviços Públicos e Obras. Participaram também o Parque Tecnológico de Sorocaba; Sebrae; Associação Comercial de Sorocaba; Ciesp/Fiesp entre outros organismos.

O diálogo entre o poder público e entidades empresariais resultou em ações que serão desenvolvidas em diversas frentes, tendo como objetivo o aquecimento da economia local, melhorando a economia dentro do município. Cada entidade fará suas ações de forma associativa ou em conjunto, sendo coordenadas pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda.

No evento de anúncio do Pacote foram divulgadas todas as ações que serão implementadas por cada uma das secretarias e pelas organizações empresariais; destacando-se, entre ela, a capacitação dos pequenos fornecedores locais para que possam prestar serviços para o Poder Público; a criação do Banco de Serviços do município, cadastrando e gerando oportunidades para prestadores; o fomento de espaços e oportunidades para feirantes e agricultores locais, a criação da Rota das Cervejarias Artesanais, que terá sua primeira edição já neste mês, e diversas outras atividades.

Ações do Pacote de Desenvolvimento da Economia Local 

Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda: a) Irá Capacitar fornecedores locais (MPEs) para que possam prestar serviços para o Poder Público; b) Incrementará a Feira de Artesanatos e o Comércio dos Ambulantes local para que possam ter mais chances de ganhos; c) Criará o Super Micro Empreendedor Individual para que prestem serviços utilizando a chamada “verbinha” que cada departamento da Prefeitura tem; d) Criará o Banco de Serviços no município a fim de cadastrar os prestadores de serviços que se formalizam no município e divulgá-lo para a população em geral por meio deste aplicativo/site; e) Trabalhará contra a vinda de “Feiras do Braz, Feiras de Malhas e demais”. Este tipo de evento prejudica os comerciantes locais; f) Trabalhará, via campanha de conscientização, junto às empresas locais para que licenciem suas frotas no município de Sorocaba; e) Oferecerá cursos ligados ao empreendedorismo que possibilitem que os participantes possam criar seu próprio negócio.

Secretaria de Licitações e Contratos: a) As licitações serão voltadas para as Micro e Pequenas Empresas (MPEs) com a finalidade de fazer com que os recursos provenientes do setor de compras circule o máximo possível dentro do município.

Secretaria de Abastecimento e Nutrição: a) Trabalhará para o surgimento e o fomento de novos feirantes dentro do município. Isso significa geração de renda para esses novos empreendedores no setor da agricultura. Atualmente a Seaban já criou aproximadamente 100 novos postos de vendedores; b) Anunciará também o aumento dos valores aportados via compras do poder público com agricultores de Sorocaba e região para merenda escolar.

Secretaria de Cultura e Turismo: a) A Secretaria de Cultura, via departamento de Turismo, está criando a “Rota das Cervejarias Artesanais de Sorocaba”. São diversas cervejarias artesanais que estão sendo cadastradas para entrarem nessa rota de turismo/consumo. Este material será disponibilizados para os hotéis da cidade e para a população em geral.

Secretaria de Conservação, Serviços Públicos e Obras: a) Criará possibilidades para que pequenos empreendedores possam realizar serviços de manutenção em geral. Ex: Construção de calçadas no plano de regularização de calçadas que será lançado.

 Parque Tecnológico de Sorocaba: a) Trabalhará para o apoio e desenvolvimento de novas Startups no município. O PTS já vem trabalhando em conjunto com o Sebrae e demais parceiros para ajudar no desenvolvimento de novas empresas denominadas Startups; b) Criará o programa de apoio aos empreendedores que trabalham com a “economia criativa no município. (ação do PTS e Secult)

 Sebrae: a) Ajudará a desenvolver Licitações voltadas para as MPEs dentro da Selc; b) Colaborará para criação do Super MEI com treinamentos e acompanhamento

Associação Comercial de Sorocaba: a) Criará campanha de conscientização sobre a importância da população consumir localmente, ou seja, estimular o consumo de produtos e serviços de Sorocaba. A proposta é termos adesivos, folders e cartazes para conscientização.

Ciesp/Fiesp: a) Realizará eventos denominados “Rodada de Negócios”, onde grandes empresas conhecem as oportunidades de comprar de fornecedores locais. Ex: Toyota conhecer quem são os pequenos empreendedores locais que possam ser seus fornecedores. Isso ajuda o empreendedorismo local e o sustento dos pequenos empreendedores.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios