Tags

,

O Conselho Municipal da Saúde de Sorocaba empossa novos membros e, pela primeira vez elege um presidente.

Francisco de Assis Gonçalves Valério, representante do segmento dos usuários do sistema de saúde, foi eleito na última quinta-feira (22) em reunião extraordinária do CMS.

Em outras gestões, o secretário da Saúde era o presidente nato do conselho. Durante a sessão, que foi realizada no auditório do Hospital do Gpaci, além da eleição do novo presidente e da Comissão Executiva, houve a posse dos novos 48 conselheiros para mandato de quatro anos, sendo 24 titulares e 24 suplentes .

O CMS é um órgão de formação paritária com representantes dos gestores, dos trabalhadores, dos prestadores de serviço e dos usuários da rede pública de saúde de Sorocaba e tem caráter deliberativo nas questões da saúde municipal. No processo de renovação do conselho, no mês passado todas as Unidades Básicas de Saúde realizaram eleição para os Conselhos Locais de Saúde, que atuarão nas áreas de abrangência de cada UBS. Os conselhos locais também estão representados no CMS que tomou posse na semana passada.

Membro do conselho há seis anos, sendo dois como suplentes e quatro como titulares representando os usuários, sendo da Associação de Moradores do Bairro Hollingsworth, Francisco Valério, também conhecido como Gilson, diz que o ponto mais importante a ser observado na nova gestão é o controle social da saúde. “Quero trabalhar para que isso seja feito envolvendo os quatro setores, usuários, gestores, prestadores e trabalhadores. Precisa ter união para a saúde de qualidade, a motivação é o SUS (Sistema Único de Saúde)”, comentou.

Devido à renovação ocorrida entre os conselheiros para a nova gestão, o presidente eleito informa que fará um processo de integração e também pretende criar uma comissão que fará uma revisão do estatuto do CMS. Outra meta de Francisco Valério é buscar uma verba para custear despesas do conselho e pleitear uma sede para centralizar os trabalhos. “Não podemos ficar usando a estrutura da Secretaria da Saúde. O Conselho precisa ser independente”, finalizou.

A Comissão Executiva eleita na última quinta-feira, é composta por oito membros, divididos em segmentos: Representantes dos usuários, Francisco de Assis Gonçalves Valério (eleito presidente), Adenilson Medeiros, Álvaro Ciomak e Silvana Marcondes da Silva; Representantes dos trabalhadores da saúde, Milton Carlos Sanches e André Antônio Fonseca Diniz, Representante dos Prestadores, Celso Aparecido Fattori Junior (eleito secretário executivo) e Representante dos gestores, Rodrigo Moreno, secretário da Saúde.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios