Tags

Nesta sexta (23), sábado e domingo, o Conjunto Habitacional “Ana Paula Eleutério” (Habiteto) realiza mais uma edição da Festa Junina Beneficente do Instituto Atleta Cidadão, mas agora com apoio da secretaria de Cultura e Turismo de Sorocaba (Secultur), responsável por toda a estrutura do evento.

A festa começa sempre às 19h, na Praça da Rua 2 (rua Frederico Ozanam com a Francelino dos Reis) com entrada gratuita e shows de músicos regionais. Hoje, às 20h, a banda Novo Esquema apresenta um repertório variado de sertanejo e forró e, no domingo, no mesmo horário, quem sobe ao palco é a dupla ituana Johnny e Danilo. No sábado, festa terá música ambiente.

O evento contará com barracas de comes e bebes, brinquedos e shows, e a verba será revertida para o Instituto Atleta Cidadão, que atualmente atende 75 crianças do bairro. Como contou o presidente e fundador do instituto, Toninho Corredor, o apoio da Secultur, com a cessão da estrutura de palco, som e tendas, foi muito importante para que esta edição da festa acontecesse, devido as dificuldade em realizá-la. Para ele, essa parceria demonstra que esta gestão tem interesse em descentralizar as ações.

Para o secretário da pasta é dever da Secultur atender toda a cidade com as ações culturais, chegar aos locais mais periféricos e, principalmente, àqueles com um considerável contingente em situações de risco. Como lembrou, nesses locais mais marginalizados pela sociedade a presença de entretenimento, arte e cultura colaboram para melhorar a autoestima da comunidade.

“Nossa ideia, enquanto secretaria, é dar visibilidade não apenas as ações que ocorrem nos mais diversos locais da cidade, mas também a esses atores sociais que fazem, muitas vezes, o papel que caberia ao Poder Público, que é de entender a cidade como um todo, mas com particularidades”, enfatizou o secretário.

Para ele, além de apoiar eventos maiores e oficiais, como a Festa Junina Beneficente de Sorocaba, que começa na próxima semana, no Parque das Águas, há que se ater também a outras manifestações, que acontecem menores e em outros espaços, pois também são partes da malha cultural de Sorocaba e precisam ser valorizadas.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios