Tags

,

Wilson Vieira, liderança sorocabana que atua em várias frentes como a Fadi (Faculdade de Direito), TV Com (Canal 7 da NET) e maçonaria, está engajado em um novo projeto, a gestão de um aplicativo que visa facilitar a doação de sangue.

Está em fase de implantação um app que vai revolucionar a coleta de sangue, o Time do Sangue (http://www.timedosangue.com.br), que aborda doação, agendamento, alertas para estoque baixo, aviso da necessidade de seu tipo sanguíneo, e o fim das horas de esperas para doação, além do gerenciamento eficaz do sangue doado. Tudo isso no seu celular. O Hemonúcleo de Sorocaba já está utilizando essa ferramenta.

Histórico do APP

Dados da Organização Mundial da Saúde indicam que o ideal é que entre 3% e 5% da população de um país seja doadora. No Brasil, somente 1,8% da população brasileira entre 16 e 69 anos doam sangue.

A partir dessa realidade, a startup sorocabana Time do Sangue desenvolveu um aplicativo para smartphones que torna o processo de doação de sangue mais acessível e dinâmico ao público. A praticidade é a palavra chave do aplicativo: além da facilidade do acesso que é via celular, ele oferece uma série de vantagens ao doador e aos bancos de sangue, que podem potencializar o processo de coleta e, conseqüentemente, o de abastecimento aos hospitais da rede pública e privada.

“O Time do Sangue interliga potenciais doadores e hemocentros. O cadastro é feito através do próprio aplicativo, sem burocracia e respeitando o tempo do doador. Cada detalhe foi pensado para que o processo seja mais dinâmico dentro dos bancos de sangue, evitando filas e processos burocráticos”, explica Juliana Aguiar, sócia e uma das idealizadoras do projeto.

Após preencher um cadastro simples, o doador passa a fazer parte de uma rede unificada de doadores que estará apto a fazer parte de campanhas de doação em todo o país, uma vez que os bancos de sangue cadastrados podem localizar os doadores mais próximos através de geolocalização.

O doador poderá ainda carregar laudos de exames e documentos pessoais em sua pasta no aplicativo, com toda a segurança e sigilo exigidos. O benefício permitirá ao doador ter acesso a seu histórico médico em qualquer local ou momento sem que seu celular fique carregado, uma vez que as informações ficam cadastradas sigilosamente na central do Time do Sangue. “O objetivo é fazer com que mais brasileiros tenham a doação de sangue como um hábito, não apenas em datas específicas ou quando conhecem alguém que necessita de transfusão. O aplicativo pode localizar o doador, mandar uma mensagem solicitando a doação, que pode ser aceita ou não”, ressalta Juliana.

Segundo Kellen Petreche, também idealizadora do Time do Sangue, não basta apenas elevar o volume de doações, é necessário que essa doação seja eficiente. “O aplicativo Time do Sangue vai minimizar a questão de recusa da doação por falta de conhecimento, pois o aplicativo também tira dúvidas simples, mas muito comuns como uso de medicamentos, alimentação etc”, explica.

As idealizadoras do app lembram ainda que a cada dois minutos uma pessoa precisa de sangue no Brasil, porém apenas seis em cada dez doadores são voluntários e doam com freqüência. Os outros 40% são considerados doadores de reposição, ou seja, aqueles que só doam quando um amigo ou parente precisa de sangue. “Precisamos estimular a doação de sangue de forma regular, voluntária e solidária. Uma bolsa de sangue pode salvar no mínimo quatro vidas, por isso as doações são fundamentais o ano inteiro”, reforça Kellen.

Apoio da Prefeitura

O aplicativo ganhou o apoio da Prefeitura de Sorocaba, através da Secretaria de Saúde, que vai participar e incentivar campanhas de doação em toda a rede pública municipal de saúde. “Este projeto é excepcional e vai agilizar cirurgias e procedimentos nos principais hospitais da região. Hoje há um grande déficit no setor e o Time do Sangue vai nos ajudar a salvas vidas”, afirmou o secretário Rodrigo Moreno.

Para a médica hematologista e hemoterapeuta do Hemonúcleo de Sorocaba – COLSAN, Maria Goretti de Araújo Marques, o Time do Sangue é uma iniciativa excelente, pioneira e de qualidade. “Apesar de simples, vai facilitar muito, tanto para o doador quanto para quem atende no banco de sangue. Estamos sempre precisando de doadores. Quando um apelo é feito, pois os estoques de sangue estão baixos, somos prontamente atendidos pela população de Sorocaba e região. Mas, esses doadores acabam enfrentando fila e horas de espera. Com o Time do Sangue eles vão poder agendar previamente pelo aplicativo. Isso facilita para que eles não percam tempo e para que nós possamos organizar o estoque”, comemora a médica.

Benefícios de doar e receber

Ainda segundo Maria Goretti, o Time do Sangue oferece benefícios para quem doa e para quem recebe uma transfusão. Isso porque o doador poderá fazer agendamento online e doar sangue com dia e hora marcados no banco de sangue mais próximo de sua localização. Também poderá ter controle dos números de doações realizadas e receber alertas estimulando novas doações.

Já os bancos de sangue poderão, entre outras funcionalidades, oferecer mais qualidade na prestação de serviços e cadastrar as demandas de sangue, promovendo campanhas. “Assim quando tivermos um tipo de sangue com estoque baixo poderemos fazer esse pedido via aplicativo com rapidez e sem gerar custos extras. Com certeza será mais tranquilo para doar e ágil para organizar as doações, além de fidelizar o doador, todos ganharemos”, conclui.

Investimento em pesquisa

O Time do Sangue ainda contará com uma equipe de pesquisa voltada à análise e tratamento de dados. “Pretendem os contribuir com pesquisas inéditas na área da saúde e que servirão de subsídios para fomentação de políticas públicas e ações voltadas à captação de novos doadores, bem como incentivos às práticas de doação de sangue, afirma a pesquisadora Vanessa Simonetti, colaboradora do Time do Sangue.

A equipe buscará parcerias com universidades e instituições de ensino, oferecendo diversas linhas de pesquisas aos universitários. Segundo a pesquisadora, oportunidades de parcerias com instituições de ensino trazem inúmeros benefícios aos jovens e ainda facilitam a inclusão destes ao mercado de trabalho, e no tocante à startup, aumentam sua competitividade na busca de recursos estatais.

Requisitos para doar sangue

  • Estar em boas condições de saúde e descanso;
  • Ter entre 16 e 69 anos (menores, a partir dos 16 anos podem doar acompanhados de um dos pais ou responsável legal; maiores de 65 anos só podem doar se já doaram antes dos 60 anos);
  • Pesar no mínimo 50 kg;
  • Estar alimentado (evite ingerir alimentos gordurosos);
  • Apresentar documento oficial de identidade com foto;
  • Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade;
  • Não estar resfriado ou com gripe;
  • Não ter doença infecto-contagiosa ou atitude de risco contrair tais doenças;
  • Não ter feito tatuagem ou colocado piercing nos últimos 12 meses;
  • Não estar grávida ou amamentando

Fonte: D da Questão

Anúncios