Tags

Com a chegada dos módulos que funcionarão como consultórios, centro cirúrgico e setor de exames de imagem, começou a ser montada nesta terça-feira (20), no Jardim São Guilherme, a estrutura do programa que realizará, em sistema de mutirão, consultas, exames e procedimentos em Sorocaba.

Batizado de “Saúde em Dia”, o programa tem o objetivo de atender à demanda de especialidades que foi acumulada nos últimos anos na cidade e vai começar a funcionar na primeira quinzena de julho.

A previsão é em torno de 5 mil atendimentos mensais, conforme a Secretaria da Saúde. Os serviços serão agendados com antecedência e realizados em uma estrutura com três box modulares totalmente equipados para a prestação dos atendimentos de saúde. Uma tenda de 300 metros quadrados interligará os módulos e abrigará os pacientes enquanto forem identificados e estiverem aguardando serem chamados. Organizada em formato de arena, a estrutura está sendo montada em área anexa à Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim São Guilherme. Além dos três boxes modulares que somam 124 metros quadrados e da tenda que será colocada nesta quarta-feira (21), a estrutura também receberá esta semana o mobiliário e equipamentos necessários para o complexo funcionar.

A partir do dia 26 serão iniciados os testes no local e no dia 05 serão iniciados os atendimentos em fase piloto. A previsão é de que, ainda na primeira quinzena do próximo mês, o sistema esteja funcionando de maneira completa. Os atendimentos serão realizados de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h e aos sábados, das 8h às 12h, podendo atender a uma capacidade de até trezentas pessoas por dia, em período integral.

Segundo Renato Quintella Pirotto, coordenador do interior da instituição que prestará o serviço, a unidade já começou a gerar empregos em Sorocaba. Atualmente já foram selecionados e contratados na cidade 18 colaboradores, entre técnicos de enfermagem, enfermeira, seguranças, administrativos e profissionais de limpeza. Até esta terça-feira (20), também foram contratados dois médicos e os outros três, que atuarão na primeira fase de atendimentos, virão de São Paulo. “Com o tempo, a intenção é ampliar o quadro de profissionais da cidade”, explicou o coordenador.

A organização dos serviços seguirá um plano de trabalho que foi elaborado pela associação e aprovado pela prefeitura para atender à demanda existente estimada em mais de 50 mil consultas e 20 mil exames e procedimentos, porém, o número de atendimentos prestados pode ser superior, já que as consultas realizadas no programa também gerarão mais exames e procedimentos a serem agendados.

A primeira fase de atendimentos do programa “Saúde em Dia” terá consultas médicas nas áreas de urologia, ortopedia, vascular e radiologia. No segmento de exames, serão realizados mamografias, ecocardiogramas, ultrassonografias e endoscopias. Os procedimentos cirúrgicos serão marcados a partir de agosto.

“Na primeira fase faremos as consultas pré-operatórias para depois agendar esses procedimentos”, explicou o coordenador, Renato Pirotto. Os pacientes serão agendados por meio da Central de Regulação de Vagas Municipal e os contatos serão iniciados na primeira semana de julho.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios