Tags

Em cumprimento ao cronograma de obras apresentado pelo chefe do Executivo, no final do último mês de maio, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba deu início nesta segunda-feira (19), na rua Capitão Bento Mascarenhas Jequitinhonha, à implantação de mais uma galeria celular integrante das obras do Reservatório de Detenção de Cheias (RDC) do córrego Água Vermelha.

De acordo com o diretor-geral da autarquia, com essas galerias, houve a ampliação da vazão do córrego e eliminados os seus pontos de ‘estrangulamento’, e consequentemente, minimizados os pontos de alagamentos registrados em períodos de fortes chuvas.

A eliminação desses pontos de “gargalo” do córrego se dá pela substituição dos antigos tubos por aduelas de concreto, que no caso da intervenção iniciada hoje, têm 4 metros de comprimento por 2 metros de altura, cada uma. No total, essa nova galeria celular receberá trinta dessas aduelas, das quais vinte foram instaladas hoje, com a utilização de guindastes, caminhões e máquinas retroescavadeiras, enquanto que as dez restantes serão assentadas amanhã.

Ao todo, o projeto executivo do RDC Água Vermelha prevê sete galerias celulares, das quais três já foram concluídas: nas ruas Padre José Carlos Simões e Abrahan Lincoln e no cruzamento da rua Visconde do Rio Branco com a avenida Washington Luiz. As três restantes serão implantadas nas ruas Garcia Redondo, José Antônio Lourenço e Manaus.

Duas bacias

O RDC Água Vermelha consiste na implantação de duas bacias de contenção, visando à eliminação de pontos de alagamentos registrados em períodos de fortes chuvas nos cruzamentos da Washington Luiz com Capitão Bento Mascarenhas Jequitinhonha; Washington Luiz com Comendador Pereira Inácio e Barão de Tatuí com Abrão de Mahuad.

A área total da obra é de 42.650 metros quadrados, abrangendo o Jardim América, Vila Jardini, Jardim dos Estados, Jardim Paulistano e Jardim Embaixador.

A primeira bacia, que se encontra atualmente em obras, possui área de 12.750 metros quadrados, com capacidade para 31.875 metros cúbicos de água, num espaço formado pelas avenidas Washington Luiz, Bento Mascarenhas Jequitinhonha, Abraham Lincoln e rua Padre José Carlos Simões. A segunda bacia de contenção será construída em seguida, numa área de 29.900 metros quadrados, compreendendo as ruas Marechal Dutra, Manaus, Aracaju, Natal, Garcia Redondo e Visconde de Cairu, nas proximidades da Escola Técnica Estadual “Fernando Prestes”, e terá capacidade para receber um volume de 74.750 metros cúbicos de água.

Ainda de acordo com o cronograma de obras apresentado no mês passado, a bacia 1 deverá ser concluída até setembro deste ano e a bacia 2 deverá ser finalizada até abril de 2018. As obras serão concluídas com equipamentos para esporte, lazer e recreação, incluindo a implantação de pista de caminhada, ciclovia, academia ao ar livre e projetos de paisagismo, arborização e iluminação.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios